Home Seleção Brasileira Técnico Renan: “Foi fantástico. Os 14 jogadores venceram essa partida”
Seleção Brasileira - 15 de setembro de 2019

Técnico Renan: “Foi fantástico. Os 14 jogadores venceram essa partida”

O técnico Renan Dal Zotto enalteceu, mais uma vez, a atuação do banco de reservas da Seleção Brasileira Masculina, na conquista do Campeonato  Sul-Americano, neste sábado à noite, com a vitória emocionante por 3 sets a 2, de virada, sobre os argentinos na final.

– Estamos muito felizes, porque para o Brasil esse título Sul-Americano é muito importante. Ainda mais contra a Argentina, que é uma equipe muito forte. Eles jogaram tudo o hoje e merecem parabéns. Ganhamos de uma Argentina que jogou muito. Salamos quatro match points no terceiro set. Foi fantástico. mais uma vez o time brasileiro mostrou que tem um banco de reserva que faz a diferença. Mais uma vez o time inteiro venceu essa partida. Os 14 venceram essa partida – disse o treinador.

Depois de perder os dois primeiros sets, a Seleção perdia o terceiro por 16 a 10. A Argentina estava muito perto de fazer história e voltar a vencer um Sul-Americano, encerrando um jejum de 55 anos – o país tem apenas um título continental, conquistado em 1964, justamente na única edição em que o Brasil não participou.

Festa no pódio (CBV/Divulgação)

Felipe Roque

Foi quando o oposto Felipe Roque, que tinha entrado na inversão do 5 x 1 junto com Carísio no lugar de Cachopa, foi para o saque e só saiu de lá depois de virar o placar: 17 a 16. O jogo seguiu dramático até o final da parcial. O Brasil salvou quatro match points, venceu o set por 31 a 29 e acabou ganhando a partida no tie-break.

Douglas Souza e Thales chegaram a ser substituídos por Hugo e Maique, que não entraram bem. Douglas e Thales retornaram ao Brasil bem melhores e ajudaram a comandar a bela virada.

Leal, eleito o melhor ponteiro da competição, lembrou a partida contra a Bulgária, pelo Pré-Olímpico, em agosto, na casa do adversário. Da mesma forma, o Brasil, em um jogo decisivo – valia vaga para Tóquio-2020 -, entrou muito apático em quadra e viu o adversário abrir 2 a 0 no placar. Igualmente, precisou virar um placar que parecia perdido no terceiro set. E também ganhou o confronto no tie-break.

– Foi um jogo parecido com o da Bulgária, na classificação olímpica. A Argentina jogou muito bem. A gente começou errando muito, depois conseguimos entender o jogo deles e graças a Deus vencemos. O Brasil é uma força Sul-Americana. Parabéns a todos do grupo e aos companheiros – disse o jogador.

Veja aqui como ficou a seleção do Sul-Americano.

O Brasil descansa neste domingo parte dos jogadores que disputaram o Sul-Americano se apresenta já na terça-feira em Saquarema, pensando na Copa do Mundo do Japão, entre os dias 30 de setembro e 14 de outubro.

(CBV/Divulgação)

LEIA MAIS

Com saudade das filhas, Sheilla faz desabafo de mãe-atleta: “Me sinto culpada”

Lorenne saiu da cadeira do dentista para viver o melhor momento da carreira

CEV define os participantes do Pré-Olímpico Feminino

+ Confira os títulos e os prêmios individuais de Boskovic na carreira

A aposentadoria da polonesa Skowronska

Veja também

Líder da primeira fase, Vôlei Renata escapa dos rivais Sesi SP e EMS/Taubaté na semi

O Vôlei Renata está na semifinal do Campeonato Paulista e vai ter uma semana cheia de trab…