Home Superliga Vôlei Renata estreia contra o Maringá para manter escrita dos últimos 7 anos
Superliga - 9 de novembro de 2019

Vôlei Renata estreia contra o Maringá para manter escrita dos últimos 7 anos

A Superliga Masculina vai começar para o Vôlei Renata em duelo fora de casa. O time campineiro estreia na competição nacional contra Denk Academy Maringá Vôlei, neste sábado (09.11), às 18h30, no Ginásio Chico Neto, no interior do Paraná. O duelo terá transmissão pela internet no Canal Vôlei Brasil.

O Vôlei Renata completa dez anos de história em 2020 e vai para sua décima disputa consecutiva da Superliga Masculina. Em todas as edições, o time campineiro avançou para os playoffs. A melhor colocação foi o vice-campeonato na edição 2015/2016. Na temporada passada, os campineiros terminaram em sexto lugar.

Além do técnico Horácio Dileo, o Vôlei Renata manteve boa parte do elenco que disputou a Superliga passada. O levantador González, os centrais Michel, Luizinho e Melqui e os ponteiros Canuto e Vaccari foram mantidos. Formados nas categorias de base do clube e destaque nas seleções brasileiras de base, o líbero Bello e o oposto Angellus ganharam mais espaço no elenco. Para a edição 2019/2020, os campineiros se reforçaram com as chegadas do ponteiro Luis Fernando e do oposto Renan.

(Marcos Riboli/Divulgação)

Eleito o melhor bloqueador da Superliga na edição 2016/2017, Renan está de volta ao Brasil depois de uma temporada no vôlei europeu. Apesar do pouco tempo no Vôlei Renata – apenas cinco meses, o oposto foi um dos destaques na conquista da Copa São Paulo e da prata no Campeonato Paulista e está ansioso para voltar a disputar o torneio nacional.

– Nosso campeonato é um dos mais fortes do mundo e, pelo nível de disputa, motiva em querer crescer e melhorar. Foi um começo de temporada muito bom não só para mim, mas também para o time como um todo, pois a parte coletiva funcionou muito bem. Todos os jogos da Superliga serão uma batalha, então vamos tentar continuar nesse nível de durante toda competição. Será um objetivo muito desafiador – comentou o oposto.

13 vitórias em 15 jogos

A temporada tem sido vitoriosa até agora para o Vôlei Renata. Em 15 jogos, os campineiros conquistaram 13 vitórias, sendo cinco delas fora de casa. Apesar do bom retrospecto, o time campineiro espera dificuldades no duelo em Maringá.

– Estamos vindo de um torneio intenso, mas agora é um novo desafio. A Superliga é um campeonato longo, serão 22 jogos só na fase classificatória. Temos que estar muito bem preparados em todos os aspectos para as dificuldades que vamos enfrentar. O primeiro duelo já é uma pedreira. Maringá tem um time experiente e de muita qualidade, já joguei com vários dos atletas que estão lá. Precisamos entrar em quadra bastante focados e manter nosso ritmo – acrescentou Renan.

O Vôlei Renata tem bons números em estreias de Superliga. Nas últimas sete temporadas, foram sete vitórias. Na abertura da edição 18/19, os comandados do técnico Horácio Dileo derrotaram o Sada/Cruzeiro, por 3 a 0, no Ginásio do Taquaral. Antes, bateram Vôlei Futuro (2012/2013), São Bernardo (2013/2014), Voleisul (2014/2015), Maringá (2015/2016), Juiz de Fora (2016/2017) e Caramuru/Ponta Grossa (2017/2018).

LEIA TAMBÉM

+ Entrevista exclusiva com o narrador do SporTV, Bruno Souza

Globo abrirá Superliga com medalhões na transmissão

Dores na canela fazem Drussyla questionar presença na Olimpíada

CBV anuncia preços e pacotes do pay-per-view da Superliga 2019/20

Sada/Cruzeiro usará próprio vídeocheck na Superliga

Uberlândia confirmada como sede do Sul-Americano de Clubes 2020

Veja também

Curitiba x Sesc marcou despedida de Mariana Galon, por problemas cardíacos

Com casa lotada, a estreia de Sesc RJ e Curitiba na Superliga 2019/2020 foi marcada por em…