Itália
Home Mundial de Clubes Leal festeja tetra, MVP e reencontro com torcida
Mundial de Clubes - 8 de dezembro de 2019

Leal festeja tetra, MVP e reencontro com torcida

O Campeonato Mundial de 2019 ficará guardado em um lugar especial do coração de Leal.

Depois de seis temporadas no Sada Cruzeiro, ele enfrentou o ex-time pela primeira vez. Admitiu um “friozinho na barriga” no jogo com os celestes na fase de grupos. Ganhou carinho da torcida e diversos pedidos para retornar. Na final, ouviu algumas vaias e provocações, com alguns fãs pedindo aos jogadores cruzeirenses que “sacassem no Leal”.

No fim, Leal saiu do Divino Braga com o tetra mundial (três com a camisa do time mineiro nos anos de 2013, 2015 e 2016), a inédita conquista do Civitanova e com o prêmio de MVP, após atitude de Bruninho, o eleito pela Federação Internacional, mas que repassou o troféu ao companheiro.

– Foi sensacional. Estávamos pensando nesse campeonato faz tempo, queríamos demais ser campeões mundiais. Jogamos muito bem todo jogo. Infelizmente foi contra o Sada, que tenho um carinho grande, mas fui profissional. Jogamos tudo o que tínhamos e estou feliz por mais esse título – comentou Leal.

Neste domingo, ele marcou 20 pontos e assumiu a condição de maior pontuador do campeonato, com 65, um a mais do que o oposto búlgaro Sokolov, do Zenit Kazan. O ponta ainda foi o melhor sacador (14 aces, quatro deles na decisão) e terminou também como quinto melhor atacante no aproveitamento (51%).

Bruninho fez questão de elogiar Leal:

– Todos nós sabemos o quanto o Leal foi importante para nosso time nessa vitória e no Campeonato. Leal foi determinante para a gente, tanto no saque como no ataque, principalmente no terceiro set.

Por Daniel Bortoletto, em Betim

Veja também

Central é “repatriado” pelo Montes Claros América

O Montes Claros América segue reforçando a equipe para a temporada. A nova contratação ofi…