Leal
Home Mundial de Clubes Leal volta ao Brasil em momento especial da carreira
Mundial de Clubes - 2 de dezembro de 2019

Leal volta ao Brasil em momento especial da carreira

Tricampeão mundial com o Sada Cruzeiro, Leal buscará o título em Betim com a camisa do Civitanova

Yoandy Leal, do Civitanova, será uma das grandes atrações do Campeonato Mundial de Clubes, em Betim, de amanhã a domingo. O jogador volta a Minas Gerais, onde jogou por cinco temporadas no Sada Cruzeiro.

O atacante cubano naturalizado brasileiro participou das três conquistas dos cruzeirenses no Mundial de Clubes: 2013, 2015 e 2016. E é amado pelo torcedor local.

– Minha volta para o Brasil é muito especial. Jogar em Minas Gerais é uma grande alegria para mim, estarei do lado contrário do Cruzeiro, mas sei que a torcida de Belo Horizonte tem um carinho grande por mim e vai me tratar bem, mesmo estando em outro time. Estou muito feliz por voltar a Belo Horizonte para disputa de uma competição tão importante como o Mundial – disse Leal.

O primeiro jogo do Civitanova na competição será na terça-feira contra o Al-Rayyan (Qatar). O outro jogo da rodada será Sada x Zenit Kazan. No dia seguinte, o clube italiano enfrenta o Sada Cruzeiro. Na quinta-feira, a equipe italiana jogará contra o Zenit Kazan (Rússia). As semifinais da competição serão no sábado e a grande final no domingo.

O Civitanova conquistou o vice-campeonato no Mundial de Clubes no ano passado. Nesta temporada 2018/2019, os italianos venceram a Superliga Italiana e a Champions League.

– As expectativas são boas. Já participei de cinco mundiais. Foram quatro pelo Sada Cruzeiro e um pelo Lube. Nosso time está preparado para disputar um campeonato muito importante para nós. Temos que nos manter nesse ritmo de evolução que estamos tendo durante essa temporada – contou Leal.

– Esperamos jogar bem e fazer nosso melhor porque sabemos que não será uma competição fácil. Serão jogos muito complicados – finalizou.

A presença de Leal no Brasil também o faz pensar em 2020. Depois de estrear na Seleção este ano, ele está ansioso para a estreia olímpica em Tóquio:

– O foco é estar nos Jogos Olímpicos, e é claro que mais um título de Mundial de Clubes me deixaria ainda mais próximo do meu objetivo. Farei o meu melhor e vou em busca de mais esse título – concluiu.

Veja também

Superliga Feminina inicia semana com jogos que foram adiados. Veja a classificação

A oitava rodada da Superliga Feminina terminou neste sábado, com a vitória do Itambé/Minas…