Marcão
Home Superliga Wallace repassa VivaVôlei a Marcão no Sesc
Superliga - 1 de dezembro de 2019

Wallace repassa VivaVôlei a Marcão no Sesc

O central Marcão agradeceu a atitude do campeão olímpico Wallace em Belo Horizonte

Quando foi escolhido para estar entre os 14 jogadores que defenderam o Sesc RJ neste sábado, na vitória diante do Fiat/Minas por 3 a 0, o central Marcão já comemorou muito a oportunidade dada pelo técnico Giovane. Mas quando entrou em quadra, no final da primeira parcial, o placar mostrava 22-22, o jogo estava muito difícil e apareceu em suas mãos a oportunidade de dar ao time a dianteira. E foi o que Marcão fez. Com um ace, colocou o Sesc em vantagem e deu a oportunidade do time carioca fechar a parcial em 25-23. E mereceu mais que os parabéns da comissão técnica e dos companheiros. No ônibus, retornando para o hotel, em Belo Horizonte, onde foi disputada a partida, Wallace, maior pontuador e eleito o melhor do jogo, deu o troféu VivaVôlei de melhor em quadra para o jovem companheiro, que nunca havia recebido tal premiação.

– Eu não esperava que poderia entrar numa partida tão importante, um jogo difícil como esse. Quando o Giovane me chamou para entrar em quadra, nem acreditei. Demorei uns três segundos para raciocinar. E confesso que estava muito nervoso porque o jogo estava bem disputado, no final do primeiro set, e aquele saque poderia fazer a diferença. Quando fui sacar, pensei que não tinha motivo de ficar nervoso. Se o Giovane me botou para ali, naquela hora difícil, era porque ele tinha confiança em mim e no meu saque. Aí eu passei a pensar apenas na técnica correta, no que teria que fazer para conseguir um bom saque. E graças a Deus consegui um ace – revelou Marcão, agradecendo ao companheiro de time pelo troféu e pelo reconhecimento.

– Quando entramos no ônibus, para ir para o hotel, o Wallace me entregou o troféu. Ele falou que eu merecia porque busquei o primeiro set no saque, fazendo aquele ace importante para equipe. E nem preciso dizer o quanto eu fiquei feliz em receber o troféu dele. É um cara sensacional, humilde e de bom coração. Além de um ídolo mundial no voleibol.

Do outro lado, o campeão olímpico Wallace explicou o que o motivou a entregar o troféu de melhor em quadra para a jovem promessa do Sesc RJ. Afinal, não basta ser ídolo e campeão, é preciso inspirar a nova geração.

– O Marcão é um moleque que quase nunca tem oportunidade de entrar em um jogo, ou até mesmo de fardar entre os 14. Ontem ele teve a oportunidade de entrar e fez muito bem feito o seu trabalho. Acho que isso aí precisa ser muito reconhecido. Ele teve a chance e aproveitou muito bem. Entrou no primeiro set, num momento de pressão, como se fosse mais um jogo. Mereceu demais esse prêmio. Ele sempre treina muito, dificilmente está relacionado para as partidas e mostrou o quanto está bem preparado – analisou Wallace.

Com a vitória, o Sesc RJ se mantém na quarta posição, com 13 pontos, somando quatro vitórias em seis jogos. Na próxima rodada os comandados do técnico Giovane Gávio enfrentam a Apan Blumenau, na quarta-feira, às 19h30, no ginásio do Tijuca Tênis Clube.

Veja também

Superliga Feminina inicia semana com jogos que foram adiados. Veja a classificação

A oitava rodada da Superliga Feminina terminou neste sábado, com a vitória do Itambé/Minas…