duplas
Home Praia Após vaivém no vôlei de praia, duplas aguardam estreias
Praia - 17 de janeiro de 2020

Após vaivém no vôlei de praia, duplas aguardam estreias

Trocas entre as duplas femininas brasileiras foram intensas de 2019 para 2020

Após a parada das férias, o Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia voltará na próxima semana, com a etapa de João Pessoa (PB). E a retomada do tour será recheada de novidades na lista de inscritos, com diversas mudanças entre as duplas femininas. A competição acontece de 22 a 26 de janeiro e conta com entrada franca ao público na arena montada na orla da Praia do Cabo Branco, altura da avenida Monsenhor Odilon Coutinho.

Entre as muitas mudanças, a principal talvez esteja no fim da parceria entre as atuais campeãs brasileiras Fernanda Berti e Bárbara Seixas. Com novos projetos, Fernanda retomou parceria com Taiana, com quem atuou entre 2014 e 2015, enquanto Bárbara se uniu à medalhista pan-americana Carol Horta. Outra mudança de impacto foi a nova parceria entre Carol Solberg e Talita.

A medalhista olímpica Bárbara celebrou o novo desafio e lembrou que o time está completando os primeiros treinos, com crescimento que será gradual.

– Estou me sentindo muito bem jogando com a Carol, apensar de estarmos bem no começo do ano e tendo algumas coisas para acertar. Ela é uma garota muito ‘do bem’, esforçada, tenho certeza de que vamos nos entrosar cada vez mais. Estou feliz, com os pés no chão e querendo que João Pessoa chegue logo, pois tem uma energia incrível e pessoas maravilhosas engajadas com o nosso esporte. Não penso na perfeição agora, é um momento de início de ano, então quero que a gente foque nos fundamentos, se ajude dentro da quadra e consiga se comunicar da melhor maneira possível – analisou Bárbara.

A lista de novas formações que entram direto na fase de grupos é extensa e conta com Andressa/Vitoria (PB/RJ), Bárbara Seixas/Carol Horta (RJ/CE), Carol Solberg/Talita (RJ/AL), Elize Maia/Thamela (ES), Fernanda Berti/Taiana (RJ/CE), Juliana Simões/Ângela (PR/DF), Rafaela/Ingridh (PA/PR), Val/Aline Lebioda (RJ/PR) e Vivian/Jéssica (PA).

Fernanda Berti atuou por um ano e meio ao lado de Taiana, com quem foi vice-campeã do Campeonato Mundial 2015, mas destacou que a dupla também necessitará de um tempo para retomar o entrosamento. Ela também celebrou a chegada do técnico Junior.

– Evidentemente não estaremos 100% em João Pessoa, mas provavelmente a maioria dos times estará em um estágio mais inicial. A maioria das duplas voltou aos treinos no início de janeiro, então vamos apresentar toda dedicação e vontade dentro das possibilidades para este momento da temporada. Estou animada e motivada, a chegada do Junior como nosso treinador foi muito especial, ele está empolgado, tem ideias novas e muita disposição para realizar um bom trabalho conosco – disse Fernanda.

Quem também não esconde a ansiedade para estar em quadra novamente é a atleta olímpica e tetracampeã brasileira Talita. Desde o começo da carreira atuando como bloqueadora, agora ela irá revezar a posição com a nova parceira, Carol Solberg, atuando também na defesa. A sul-mato-grossense explicou os desafios do novo projeto.

– Estou muito empolgada para este grande desafio, uma nova parceria, novo formato. Estou buscando me reinventar, treinar uma nova posição. E estou adorando os treinos com a Carol, é uma atleta determinada, adora treinar. Estamos no início e sabemos que temos muito para evoluir como time e como jogadoras em novas posições. Mas esse sentimento de novidade, de superar dificuldades tem sido muito especial. Será um processo construído passo a passo, estamos felizes – destacou.

Veja também

Sérvia pode ganhar o reforço de Melissa Vargas

A seleção feminina da Sérvia deverá contar com uma novidade “internacional” de…