Vôlei Renata
Home Copa Brasil Dileo pede “luta por toda bola” do Vôlei Renata contra o Sesc
Copa Brasil - 14 de janeiro de 2020

Dileo pede “luta por toda bola” do Vôlei Renata contra o Sesc

Nesta quarta-feira, Sesc e Vôlei Renata decidirão uma vaga na semifinal da Copa Brasil

O Vôlei Renata deixa a Superliga de lado para focar na Copa Brasil 2020. O time campineiro encara o Sesc-RJ, nesta quarta-feira, às 20 horas, pelas quartas de final do torneio. Quem vencer garante vaga para a fase final, que será disputada em Jaraguá do Sul (SC), nos dias 24 e 25 de janeiro.

A Copa Brasil reúne os oito melhores classificados do primeiro turno da Superliga. Eles se enfrentam em cruzamento olímpico em jogo único. O time campineiro terminou a primeira metade do torneio na quinta posição, com 22 pontos, logo atrás do Sesc-RJ, o quarto.

– É um jogo eliminatório, contra um rival muito difícil, que tem uma grande quantidade de jogadores de alto nível, inclusive de Seleção Brasileira. A gente vai ao Rio de Janeiro focado em fazer nosso jogo, tentar fazer nosso melhor e buscar a classificação. Em jogos assim, é preciso ter consciência em cada ponto e lutar por toda bola – comentou o treinador Horácio Dileo.

O Vôlei Renata chega para a disputa da Copa Brasil atravessando bom momento na temporada. Nos últimos nove jogos, o time campineiro conquistou sete vitórias, uma delas sobre o próprio Sesc-RJ. No Rio de Janeiro, os comandados do técnico Horácio Dileo venceram por 3 a 2, pela Superliga. Na última rodada da Superliga, no domingo, porém, derrota para o Denk Maringá no Taquaral.

– Fica a lição pela boa partida que fizemos (contra o Sesc), mas agora é uma nova história e tudo começa do zero. Temos que ter claro a forma como precisamos jogar. Entrar em quadra 100% comprometidos em fazer nosso melhor, com intensidade e volume de jogo – acrescentou o treinador.

Não há previsão de transmissão da partida, segundo informação da CBV.

Em sua décima temporada, o projeto campineiro chegou à final da Copa do Brasil em duas oportunidades, em 2015 e 2016. No ano passado, os campineiros acabaram eliminados nas quartas de final pelo EMS/Taubaté.

Veja também

Scandicci rescinde com Adenízia e jogadora está de volta à Superliga

O Scandicci anunciou, nesta sexta-feira (17), por meio de um comunicado oficial, que resci…