Osasco Brait
Home Destaques Brait fala sobre Olimpíada, futuro, Seleção e a sua “treta” no vôlei
Destaques - Superliga - 25 de março de 2020

Brait fala sobre Olimpíada, futuro, Seleção e a sua “treta” no vôlei

A líbero do Osasco Audax São Cristóvão Saúde, Camila Brait, aprovou o adiamento da Olimpíada de Tóquio de julho deste ano para o verão (europeu) do ano que vem, por conta da pandemia do coronavírus no mundo. O anúncio foi feito nesta terça-feira, pelo COI (Comitê Olímpico Internacional), após ser pressionado por atletas e dirigentes de comitês de vários países. A nova data ainda não foi definida.

– Foi a melhor decisão a ser tomada nesse momento crítico que a gente vive. Nós, atletas, estamos sendo prejudicados, tendo de ficar em casa e não podendo sair para treinar. Em 2021, todo mundo terá um tempo maior para se preparar, para chegar na Olimpíada e dar o seu máximo. O momento agora é de ficar em casa e se cuidar, para esse vírus não se propagar ainda mais e todo mundo ficar bem om ais rápido possível – disse a jogadora.

Depois de anunciar sua “aposentadoria” da Seleção, após o decepcionante corte antes da Olimpíada do Rio, em 2016 – Léia foi a escolhida pelo técnico José Roberto Guimarães -, Camila Brait passou o último ciclo olímpico praticamente sem vestir a Amarelinha. Seu retorno foi apenas na Copa do Mundo do Japão, em setembro do ano passado.

Com o anúncio feito pela líbero Léia, do Itambé/Minas, no final do ano passado, de que encerrou sua participação na Seleção, Brait passa a ser o principal nome do Brasil na posição.

Em live feita na última segunda-feira, no Instagram oficial de Osasco, a jogadora falou sobre futuro, Seleção e contou um pouco da sua rotina no confinamento com a filha Alice, de 2 anos e o marido, na cidade mineira de Sacramento.

QUARENTENA

Hoje já limpei a casa inteira. Tento assistir a seriados, mas a Alice não deixa. Tenho feito atividades com ela a maior parte, tipo assistir à Peppa, brincar… No mais, no interior de Minas a gente ouve muita sofrência, Chitãozinho e Xororó, Zezé de Camargo e Luciano….

FICA EM OSASCO?
Osasco é a minha casa, onde sempre joguei e fiz a minha carreira. Não escondo isso de ninguém. Mas agora não é momento de decidir isso. Todo mundo sabe que eu amo Osasco, que sou apaixonada pelo Luizomar e pela torcida. Mas agora é hora de se proteger.

MELHOR LÍBERO NA ATUALIDADE

De Gennaro (Mônica De Gennaro, da Itália) pra mim é a melhor do mundo, mas gosto também da Brenda Castillo (República Dominicana), sou fã também da Popovic (Sérvia) e gosto de muitas líberos do Japão e da China.

COMO É JOGAR SENDO MÃE?

Depois da Alice eu amadureci, melhorei numa coisa que o Luizomar sempre me cobrou, que era assumir mais o fundo de quadra, organizar o fundo de quadra E acho que eu ganhei confiança para exercer um papel de liderança dentro da equipe. A maternidade me deu isso. E, também depois de ser mãe, virei também a mãezona do grupo, falo, “gente, coloca o casaco, tá frio”, coisa de mãe mesmo (risos).

QUEM BATE MAIS FORTE NA SUPERLIGA?

Polina e  Tandara. O problema de defender a bola da Polina é que ela pega muito alto, a bola vem de cima pra baixo. E o saque dela é muito difícil de passar. A Tandara é muito forte. Ataque muito potente.

MVP DA SUPERLIGA 2019/2020

Eu daria, sem dúvida, para a Thaisa, que fez uma temporada maravilhosa. Voltou bem demais depois de uma cirurgia muito séria. Ela conseguiu dar a volta por cima e voltou a jogar em altíssimo nível.

JAQUE

Muito bom jogar ao lado da Jaque porque ela pega metade do fundo de quadra (risos). Ela ajuda muito na defesa, desempenha as duas funções muito bem.

NÚMERO 18
Sempre fui muito fã do Dante. Quando eu cheguei na Seleção em 2006 todo mundo já tinha pego os números e eu perguntei se tinha a 18 e tinha. Fiquei feliz.

MARA
Melhor companhia impossível, porque ela é muito engraçada. Ela pode estar passando pelo piro dia, mas com ela não tem ruim. Mesmo nos momentos difíceis deste ano ela estava lá, apoiando o grupo. Nosso dia a dia é muito bom. Inclusive, eu fico no quarto com ela e dou siada desde que acordo. Eu falo para ela fazer um Instagram, mas ela não quer. Acha ruim que às vezes eu fico no celular no quarto (risos).

GOSTARIA DE JOGAR AO LADO DE QUEM?

Queria voltar a jogar ao lado da minha amiga Nati (Natália)

TEM TRETA COM ALGUÉM?

Não tenho treta com ninguém. Aliás, tenho, minha maior treta foi justamente com a minha amiga Nati, no episódio do jogo contra o Minas, na temporada 2018/2019, em Osasco. Ela foi reclamar com o  árbitro e eu cheguei perto e ela falou “Sai daqui, Brait, você não é capitã” (risos). Depois do jogo ela passou em casa e pediu desculpa e a gente dá risada disso até hoje.

 

Veja também

Virna revela estar com coronavírus

A medalhista olímpica Virna revelou, em suas redes sociais, estar com coronavírus. A posta…