Coronavírus
Home Destaques Coronavírus: Americanas deixam a Turquia
Destaques - Internacional - 22 de março de 2020

Coronavírus: Americanas deixam a Turquia

Debandada de jogadoras americanas começou neste fim de semana

Com a paralisação do Campeonato Turco feminino, na quinta-feira, as jogadoras americanas estão seguindo à risca o pedido de Karch Kiraly, técnico da seleção.

Neste fim de semana, várias viajaram de volta para casa, em busca de isolamento e melhores condições de tratamento. Os principais nomes da lista são Carly Lloyd, levantadora do Eczacibasi, Bartsch-Hackley, ponteira do Vakifbank, além da oposto Jordan Thompson e da ponteira Kelsey Robinson, do Fenerbahce.

Esse movimento havia começado no início do mês, com o retorno para os Estados Unidos de um grupo grande de atletas de clubes italianos.

Já as brasileiras Gabi e Natália, por enquanto, seguem n Turquia. Como revelou o Web Vôlei, na semana passada, o Comitê Olímpico do Brasil e a Confederação Brasileira de Voleibol tentaram, na semana passada, “repatriar” Bruninho e Leal da Itália. Mas sem sucesso. O movimento deverá se repetir com a dupla da Seleção feminina, agora que o Campeonato Turco e a Champions League estão paradas.

Nos últimos dias, a Turquia revelou casos de contaminação por coronavírus na equipe masculina de basquete do Fenerbahce.

Veja também

Fawcett: “Foi difícil decidir se era a hora de parar”

A interrupção da Superliga Banco do Brasil feminina antecipou uma difícil decisão para a a…