Hall da Fama
Home Internacional Brasileiros do Hall da Fama indicam novos integrantes
Internacional - 14 de julho de 2020

Brasileiros do Hall da Fama indicam novos integrantes

A CBV (Confederação Brasileira de Vôlei) promoveu um encontro virtual de peso na segunda-feira à noite. Comandada pelo jornalista Bruno Laurence, a live reuniu integrantes brasileiros do Hall da Fama do vôlei de quadra – Maurício, Ana Moser, Fofão, Renan, Giba e Bernard. Nalbert também faz parte do seleto grupo, mas não participou do encontro porque teve compromissos particulares.

Em um certo momento da live, os ex-jogadores foram questionados pelo mediador do encontro sobre quem eles indicariam para fazer parte do “time” de melhores do mundo. E os votos ficaram assim:

– Giba, tricampeão mundial (2002, 2006 e 2010) e campeão olímpico (2004) : Xandó, Carlão e Serginho Escadinha

– Maurício, bicampeão olímpico (1992 e 2004) e campeão mundial (2002): Zé Roberto, Bernardinho e Carlão

– Ana Moser , bronze em Atlanta-1996 e vice-campeã mundial (1994): Fernanda Venturini, Márcia Fu e Bernardinho

– Fofão, campeã olímpica (2008), bronze em Atlanta-1996 e em Sydney-2000: Fernanda Venturini, Márcia Fu e Zé Roberto

– Bernard, vice-campeão olímpico (1984) e vice-campeão mundial (1982): Amauri, Tande e Giovane

– Renan dal Zotto – vice-campeão olímpico (1984) e vice-campeão mundial (1982): William (levantador da geração de prata), Ricardinho e Marcelo Negrão

– Nalbert – campeão olímpico (2004) e mundial (2002), primeiro jogador da história a ser campeão mundial nas três categorias (infanto-juvenil, juvenil e adulto) – Fabi (líbero), Serginho Escadinha e Carlão

O Hall da Fama foi criado pela ACM (Associação Cristã dos Moços) em 1978, mas os estrangeiros só começaram a participar dez anos depois. O primeiro brasileiro a fazer parte do quadro foi o ponteiro Bernard, integrante da geração de prata e criador do famoso saque “Jornada nas Estrelas”, em 2005.

Além dos sete jogadores do vôlei de quadra, estão no Hall da Fama Bebeto de Freitas, na categoria técnico, e Carlos Arthur Nuzman, ex-presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), como dirigente. Outros seis brasileiros estão no Hall da Fama do vôlei de praia: Jackie Silva, Sandra Pires, Adriana Behar, Shelda, Emanuel e Loiola.

Os Estados Unidos têm 62 integrantes no grupo. O Brasil é o segundo país com mais representantes: 15, seguido pela Rússia, que tem 14. O Japão tem 8, e Cuba 4 (Mireya, Carvajal, Regla Torres e o técnico Eugenio George).

 

 

 

 

Veja também

Gabi é MVP. Brasil tem mais duas jogadoras entre as melhores

Três jogadoras brasileiras foram escolhidas para compor a seleção do Campeonato Sul-Americ…