China
Home Destaques China marca volta do masculino, mas sem estrangeiros
Destaques - Internacional - 23 de julho de 2020

China marca volta do masculino, mas sem estrangeiros

Competição será retomada no próximo mês

Após uma paralisação de sete meses devido à pandemia de coronavírus, a Superliga masculina da China retomará a disputa da temporada 2019/2020. O torneio será reiniciado no 20 de agosto, no Centro de Treinamento de Qinhuangdao, na província de Hebei, com portões fechados.

O anúncio oficial foi feito nesta quinta-feira pela Associação de Vôlei do país. A entidade revelou ainda que os times não poderão usar jogadores estrangeiros. Isso explica o motivo de alguns atletas já estarem acertando com outros times, como fizeram os sérvios Kovacevic e Jovovic, que disputarão a liga local neste semestre.

– São boas notícias e um sinal positivo para retomar a liga, que acontecerá de 20 de agosto a 2 de setembro. A Superliga é a melhor forma de todas as equipes testarem seu nível de treinamento e preparação. Sobre a ausência dos estrangeiros temos de aceitar as circunstâncias. Será uma boa oportunidade para cada equipe testar seus jogadores locais, num ensaio para as competições continentais – disse Lu Weizhong, treinador da Jiangsu Nanjing.

Na temporada passada, a Superliga Chinesa masculina havia sido alterada para permitir a preparação do time local para o Pré-Olímpico de janeiro, com previsão de início no dia 19 daquele mês. Mas o surto de coronavírus interrompeu a competição logo no seu início, já que a China foi o epicentro inicial da pandemia mundial.

A federação local também anunciou que os jogadores serão testados para o coronavírus, não haverá liberação para a presença da torcida e um número restrito de profissionais poderá circular pelas instalações.

Veja também

Taubaté vence mais uma e segue líder invicto

O EMS Taubaté Funvic segue imbatível na Superliga Masculina Banco do Brasil 2020/21. Na no…