COB
Home Tóquio-2020 COB reabrirá Centro de Treinamento no Rio
Tóquio-2020 - 14 de julho de 2020

COB reabrirá Centro de Treinamento no Rio

Espaço será reaberto na próxima segunda-feira

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) reabrirá o Centro de Treinamento Time Brasil na próxima segunda-feira, dia 20. Seguindo os protocolos do Guia para a Prática de Esportes Olímpicos no Cenário da COVID-19, lançado em junho pela entidade, neste primeiro momento no máximo 40 atletas poderão entrar na instalação. O acesso será permitido ainda para treinadores, equipes multidisciplinares e funcionários do COB, todos testados previamente.

Localizado no Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro, o CT Time Brasil está fechado desde 18 de março. O primeiro grupo a utilizar o CT Time Brasil será formado por atletas que residem no Rio e já garantiram vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio ou estão próximos da classificação olímpica e não integram a Missão Europa, que levará um grupo de atletas e oficiais para um período de treinamento em Portugal. Novas permissões serão concedidas gradualmente, de acordo com as cinco fases estabelecidas pelo protocolo do COB.

Ao longo desta semana, todas as pessoas autorizadas a entrar no centro de treinamento realizarão os exames de sorologia, para verificar a resposta imune, e RT-PCR, considerado padrão ouro na resposta ao Covid-19. Em caso de diagnóstico positivo, elas não poderão usar o CT e ficarão em quarentena. Também estão sendo intensificadas a montagem de equipamentos, sinalizações e simulações de fluxo do CT Time Brasil.

Neste primeiro momento, o COB reabrirá as piscinas olímpica e de saltos do Parque Aquático Maria Lenk, além da Sala de Força e Condicionamento e o Laboratório Olímpico. O Centro de Treinamento de Ginástica Artística permanece fechado, pois a higienização dos equipamentos levará mais tempo.

– Além da reabertura do CT Time Brasil e da Missão Europa, o COB, em parceria com as confederações e clubes, vem atuando para recolocar nossos atletas em atividade. Estamos acompanhando todas as ações e as monitorando para identificar qualquer necessidade específica. Para o COB, nada é mais importante que o atleta, por isso todas as nossas atenções são voltadas para que consigamos retomar nossas atividades com segurança, dosando a carga de treinos e evitando riscos de lesões. Mais do que nunca um planejamento adequado e um monitoramento permanente serão fundamentais para passarmos por um dos momentos mais difíceis de nossa história – afirmou o diretor de Esportes, Jorge Bichara.

Com as Seleções de vôlei sem atividade em 2020, o vôlei de praia poderá utilizar as instalações. Com as quatro duplas definidas para os Jogos de Tóquio, a expectativa é pela divulgação do calendário de competições nacionais e internacionais para este segundo semestre. Ágatha e Duda, por exemplo, já retomaram os treinamentos no Rio de Janeiro, na semana passada.

Veja também

Academia do Voleibol: diferenças entre Brasil e EUA

A edição da noite desta segunda-feira da Academia do Voleibol deu continuidade à série ini…