Lippmann
Home Destaques Lippmann fará aventura no vôlei de praia
Destaques - Internacional - Praia - 16 de julho de 2020

Lippmann fará aventura no vôlei de praia

Craque da quadra participará de etapa do campeonato nacional

O Circuito Alemão feminino de vôlei de praia contará com uma estreante de luxo neste fim de semana. Principal nome do vôlei do país atualmente, Louisa Lippmann participará da etapa de Dusseldorf. Ela jogará ao lado de Isabel Schneider, em substituição a Victoria Bieneck, lesionada.

– Para mim é uma jornada ao desconhecido. Após o fim repentino da temporada do vôlei, estou realmente ansiosa por esta oportunidade, que me fará crescer pessoalmente e como atleta. No entanto, tenho que diminuir as expectativas de todos. É a primeira vez que brinco na areia e, no momento, aprendo coisas novas todos os dias – disse Lippmann, oposto de 25 anos.

Inicialmente, Lippmann não tinha nenhum projeto para jogar vôlei de praia profissionalmente neste momento da pandemia. Até que Isabel Schneider tomou a iniciativa:

– Eu sabia que Louisa estava treinando na areia em Hamburgo. A ideia veio dos nossos treinadores e coube a mim pedir que ela substituísse a Victoria. Discutimos isso e perguntamos se ela sentia que estava pronta para tentar. Agora, estou ansiosa para o desafio e animada para ver o que podemos alcançar juntos. Ela é uma excelente jogadora de vôlei – comentou Schneider.

Lippmann não atua desde meados de março. Depois de defender o Shanghai, da China, ela voltou para a Alemanha, onde jogou pelo Schwerin. Para o diretor de vôlei de praia da Federação Alemã, Niclas Hildebrand, a experiência da atleta pode ser um marco para a modalidade no país:

– Louisa é um bom exemplo do que Christian Dünnes e eu defendemos: o treinamento combinado, ou seja, treinando em ambientes fechados e na areia até uma certa idade. Como jogadora da seleção de quadra e uma das melhores atacantes do mundo, ela usará essa oportunidade para se desenvolver individualmente e aprender algo novo na areia.

A etapa de Dusseldorf reunirá as as principais duplas alemãs, incluindo Margareta Kozuch/Laura Ludwig, Karla Borger/Julia Sude e Sandra Ittlinger/Chantal Laboureur, além das suíças Anouk Vergé-Dépré e Joana Heidrich. Vale lembrar que Kozuch foi um dos destaques do vôlei alemão, titular da seleção de quadra na saída de rede durante vários anos, até a explosão de Lippmann. Agora faz carreira nas areias.

Veja também

Nicola: “Já esquecemos a derrota na rodada passada”

Hora de virar a chave. Assim o Itambé/Minas encara a busca pela reabilitação na Superliga …