Panathinaikos
Home Internacional Panathinaikos, de Lucas Rangel, encerra jejum na Grécia
Internacional - 12 de julho de 2020

Panathinaikos, de Lucas Rangel, encerra jejum na Grécia

Após 14 anos, o Panathinaikos voltou a soltar o grito de campeão. Neste domingo, o time conquistou o Campeonato Grego ao derrotar o arquirrival Olympiakos por 3 sets a 1, de virada, parciais de 22-25, 25-22, 25-15 e 25-13, fechando o playoff em melhor de três em 2 a 0.

O central brasileiro Lucas Rangel, maior pontuador do primeiro jogo da série, colaborou com nove pontos para o Panathinaikos (cinco no bloqueio e quatro no ataque).

O destaque do novo campeão grego foi Raptis, eleito o MVP, após fazer 19 pontos. Ponta de origem, ele jogou os playoffs como oposto já que o titular Starovic não conseguiu retornar da Sérvia por conta da pandemia do coronavírus e ficou fora dos playoffs. Pelo Olympiakos, o maior pontuador foi Aspiotis, com nove acertos, oito deles no ataque.

No último título do Panathinaikos até então, em 2006, o ponta Dante e o levantador Marcelinho eram destaques do elenco.

A Liga da Grécia foi a única das principais da Europa  retornar após a paralisação em março por conta da pandemia do coronavírus.

Veja também

Macris desabafa sobre novo piso: “É rir pra não chorar”

A levantadora Macris, do Itambé/Minas, não escondeu a insatisfação com o novo piso utiliza…