Brait
Home Destaques Top 5 da líbero Camila Brait com três ícones da posição
Destaques - Especiais - 31 de julho de 2020

Top 5 da líbero Camila Brait com três ícones da posição

O 52º capítulo da série especial do Web Vôlei apresenta as escolhas de Camila Brait. A líbero do Osasco Audax/São Cristóvão Saúde e da Seleção Brasileira respondeu a pergunta “quais o(a)s cinco maiores jogadore(a)s que você viu jogar no vôlei?”.

Na lista de Brait, três referências da posição, duas delas, brasileiras. A terceira é uma estrangeira estreante na série. Ela ainda acrescentou uma campeã olímpica do país e uma algoz russa.

Veja as escolhas da jogadora:

– Fabi

Bicampeã olímpica com o Brasil em Pequim e Londres, a líbero é considerada por muitos a melhor da posição em todos os tempos no feminino. É o nono voto na série. Além dos diversos títulos com a Seleção, fez história no projeto de Bernardinho no Rio de Janeiro.

– Serginho Escadinha

Vice-líder da série atrás de Giba. As quatro medalhas olímpicas (duas de ouro e duas de prata) colocam o líbero como um dos mais premiados atletas do Brasil em todas as modalidades. Na Rio-2016, Serginho, encerrou a trajetória na Seleção sendo eleito o melhor jogador da competição.

– Fofão

Sétima citação da ex-levantadora, com uma carreira brilhante por clubes e pela Seleção. O grande momento foi a condução da primeira medalha de ouro da Seleção feminina nas Olimpíada, em Pequim-2008. Jogou demais e foi a líder, dentro e fora de quadra, de um talentoso grupo.

– Gamova

Com 2,04m, a oposto russa desequilibrava. Foi protagonista na conquista de dois Campeonatos Mundiais (2006 e 2010) e duas medalhas olímpicas de prata. Colecionou prêmios de MVP, maior pontuadora, melhor atacante e bloqueadora de diversas competições.

– Sano

Primeira citação da líbero japonesa na série. Marcou época na seleção e ganhou dezenas de prêmios individuais como destaque da posição, melhor defensora ou melhor passadora, inclusive na Olimpíada de Pequim. Passou por clubes da Turquia, França, Suíça e Azerbaijão.

Abaixo, um lembrete das regras (ou ausência delas):

* A escolha é livre. Vale indicar apenas mulheres, somente homens, misturar, além de não ter qualquer restrição sobre a nacionalidade.

* Não existe uma ordem de primeiro a quinto lugares.

Relembre também os outros capítulos da série Top 5:

Nalbert

Fofão

Serginho Escadinha

Fabi

Renan Dal Zotto

Ana Moser

Maurício

Andrea Giani

Tandara

Leal

Bruninho

Marcelo Mendez

Giovane

Stefano Lavarini

André Heller

Luizomar de Moura

Thaisa

Gustavo

Horácio Dileo

Carol Gattaz

Rapha

William Arjona

Marcelo Fronckowiak

Nicola Negro

Jaqueline

Ricardo Tabach

Roberta

Alan

Rizola

Juciely

Virna

Fernanda Venturini

Marcel Matz

Hylmer Dias

Paulo Coco

Léia

Demián Gonzalez

Maique

Marcelo Negrão

Nery Tambeiro

Vaccari

Cebola

Weber

Filipe

Le Roux

Leon

Serginho

Marcos Lerbach

Wallace

Vera Mossa

Mara

Veja também

Vôlei Renata intensifica pré-temporada em Campinas

O Vôlei Renata segue avançando na preparação para a temporada 2020/2021. Com Campinas cheg…