Tifanny
Home Seleção Brasileira Zé Roberto diz que Tifanny tem condição técnica de ser convocada
Seleção Brasileira - 16 de julho de 2020

Zé Roberto diz que Tifanny tem condição técnica de ser convocada

Em entrevista ao programa “Tino Marcos Uchôa” nesta quarta-feira (15/07), o técnico da Seleção Brasileira Feminina José Roberto Guimarães disse que ainda não convocou a ponteira/oposta Tifanny, do Sesi/Bauru, porque aguarda das definições da Federação Internacional de Vôlei (FIVB) sobre as regras de convocação de jogadoras trans para competições internacionais.

– É uma questão mais complexa que precisa passar por especialistas. Não é simples dizer se pode jogar ou não pode jogar. Precisa de estudos mais profundos. É complicado opinar a respeito disso. A Federação Internacional deu um passo atrás e espera mais estudos para dizer que atletas trans podem jogar. Tem que vir logo os estudos, claro, que não haja dúvida, para as coisas sejam bem claras. Está levando muito tempo. É ruim para ela, ruim para todo mundo. Pode convocar ou não pode convocar? Tudo é questão de regra. Ela tem jogo para ser convocada, isso sem sombra de dúvida – disse o treinador.

Único brasileiro tricampeão olímpico – com a Seleção Brasileira Masculina nos Jogos de Barcelona-1992 e duas vezes com a Seleção Feminina, em Pequim-2008 e Londres-2012 -, Zé Roberto falou das particularidades de já ter treinado homens e mulheres. Ele assumiu a seleção feminina em 2003.

– Apesar de ter o mesmo nome, treinamento é diferente. O vôlei feminino é mais técnico no sentido de ter que treinar mais a técnica individual. No masculino, os ralis são menores. No feminino, as mulheres tocam mais na bola, são ralis maiores. Você tem que ter mais repetições no feminino. A mulher precisa um pouco mais de exercícios em que ela tenha que sair mais do lugar, girar mais nas posições. O homem volta para a posição mais rapidamente. A mulher precisa mais dessa movimentação. E tem o aspecto físico. A situação dos hormônios, em que tem que ter uma atenção especial. Tem diferenças bastante grandes. Comecei a entender que tenho que pesquisar muito mais sobre o feminino, conversar mais com ginecologista, entender mais sobre a mulher – contou Zé Roberto.

Veja também

Taubaté busca acertar atrasados antes de anunciar reforços

Campeão da Superliga masculina 2020/2021, o EMS/Taubaté passará por uma grande reformulaçã…