Mari Cassemiro
Home Destaques Mari Cassemiro fala em volta para casa no Sesi Bauru
Destaques - Vaivém - 12 de agosto de 2020

Mari Cassemiro fala em volta para casa no Sesi Bauru

Ponta é mais um reforço confirmado

A ponteira Mari Cassemiro é mais um reforço anunciado pelo Sesi Bauru na temporada 2020/2021. Ela foi confirmada na manhã desta quarta-feira e é a sexta cara nova do projeto do interior paulista.

Além da ponteira, também foram contratadas a levantadora Carol Leite, a central Mara, a oposto Pamela, a ponteira Vanessa Janke e a líbero Brenda Castillo. O elenco contará, ainda, com a levantadora Dani Lins, a ponteira/oposta Tifanny, as centrais Mayhara e Adenízia, a oposto Polina Rahimova e a líbero Julia Machado, que renovaram seus vínculos, a exemplo do técnico Anderson Rodrigues.

– Quando recebi o convite para retornar, logo aceitei, pois me sinto como se estivesse voltando para casa e retornando ao projeto que sempre admirei e à cidade que amo – disse Mari Cassemiro.

Será a segunda passagem de Mari Cassemiro, após disputar a temporada 2016/2017 pelo então Genter Vôlei Bauru. Além de voltar para sua “casa”, a ponteira também se reencontrará com o Sesi, clube pelo qual já atuou nas temporadas 2013/2014 e 2014/2015.

– As expectativas são grandes e as melhores possíveis. Com elenco montado e a grandeza do Sesi Vôlei Bauru, vamos brigar jogo a jogo pra chegar ao topo e buscar títulos – comentou.

Trajetória

Mariana Alves Cassemiro tem 33 anos, 1,84 m de altura e é mineira de Sete Lagoas, onde começou sua trajetória no esporte incentivada por um primo.

– Mas logo fiz a peneira no Minas Tênis Clube, passei e fiquei por sete anos lá, de 2001 a 2008, integrando as categorias de base, seleção mineira e brasileira. Foi onde também tive a oportunidade de jogar minha primeira Superliga, em 2004 – recorda a ponteira.

Depois de deixar o Minas, Cassemiro transferiu-se para o exterior, onde defendeu clubes da Espanha, Croácia e Turquia. Em seguida, retornou ao Brasil para o Pinheiros e depois voltou à Europa para um clube suíço em sua última passagem pelo Velho Continente. De volta ao país, defendeu o Sesi em duas temporadas consecutivas (2013-2014 e 2014-2015) e transferiu-se para Genter Vôlei Bauru (2016-2017), depois Pinheiros e Fluminense, onde atuou na temporada passada.

 

Veja também

Rubinho: “Esperamos muito equilíbrio e muitas dificuldades”

O Sesi Bauru volta à quadra nesta terça-feira para tentar a quinta vitória consecutiva e t…