Nicola Minas
Home Vaivém Nicola fala sobre as jovens Luiza, 16 anos, e Júlia, 17, promessas da base
Vaivém - 26 de agosto de 2020

Nicola fala sobre as jovens Luiza, 16 anos, e Júlia, 17, promessas da base

O Itambé/Minas contará com duas jogadoras criadas na base do clube e com passagens pela seleção na temporada 2020/2021: a central Julia Kudies, 17 anos, e a ponteira Luiza Vicente, de 16.

Na temporada passada, Luiza teve uma pequena chance e, em um jogo na Arena MTC, pela Superliga, chegou a compor o banco e, no fim, entrou em quadra por alguns minutos.

– Agora, estou mais empolgada. Como atleta da base, aos 16 anos, ter o privilégio de fazer parte da equipe profissional é muito gratificante. Tenho consciência e responsabilidade pela oportunidade que me foi dada, com muita disciplina e perseverança tudo dará certo! sou muito grata por tudo – ressalta a jovem.

Júlia Kudies chegou ao Minas com 14 anos e fez parte de várias seleções da base. E não esconde a felicidade em poder treinar com atletas que servem de inspiração para ela.

– Está sendo uma experiência incrível fazer parte deste time. Estou muito feliz por ter a oportunidade de treinar junto com atletas e comissão técnica que são referências para mim. Todos eles têm me ajudado bastante neste momento de transição da base para o adulto. Estou muito feliz e motivada, tenho certeza que faremos uma temporada incrível. Tenho muito orgulho de vestir a camisa do Minas – disse a jovem promessa.

Camila Mesquita
Luiza Vicente, Júlia Kudies e Camila Mesquita (Orlando Bento/MTC)

O técnico Nicola Negro acredita que as jovens podem crescer muito e contribuir com a equipe na temporada 2020/21.

– Estou muito feliz em ter com a gente essas jovens, principalmente, Júlia e Luiza, que são talentos da base no clube. Fiz de tudo para tê-las com a gente, pois vejo muito qualidade técnica nas duas. É claro que talvez elas ainda não estejam 100% prontas, mas já é importante treinar com um nível mais alto e com jogadoras fortes para elas melhorarem – destacou o treinador minastenista.

A comissão técnica da equipe tem, além de Nicola Negro, o ex-jogador Kléber Paiva (assistente técnico), Rodrigo Fuentealba (estatístico), Alexandre Marinho (preparador físico) e Rogério Guedes (fisioterapeuta).

Veja também

Craques do vôlei lamentam possível fim do Ibirapuera

Destaques do vôlei brasileiro usaram as redes sociais, nesta terça-feira, para protestar e…