Pamela
Home Destaques Pamela Sanabio, apelidada de Panzer, chega ao Bauru
Destaques - Vaivém - 3 de agosto de 2020

Pamela Sanabio, apelidada de Panzer, chega ao Bauru

Reforço foi anunciado nesta segunda-feira

A oposto Pamela Sanabio reforçará o Sesi Bauru na temporada 2020/2021. A atleta, um dos destaques das categorias de base do Fluminense, tendo atuado também no no time profissional, se integrará ao elenco que será comandado por Anderson Rodrigues e já conta com as levantadoras Dani Lins e Carol Leite, as centrais Adenízia, Mayhara e Mara, a ponteira/oposta Tifanny e a líbero Brenda Castillo.

A jovem Pamela tem 20 anos, 1,86 m de altura e é chilena natural da capital Santiago. Seus pais são brasileiros, mas nasceu em solo chileno em razão de seu pai ter atuado como jogador de futebol no país andino naquela época. Mudou-se para o Brasil quando tinha 10 anos de idade e foi morar em Fortaleza (CE), onde iniciou sua trajetória na modalidade.

– Comecei a jogar vôlei dos 13 para os 14 anos, em Fortaleza, e só joguei profissional pelo Fluminense. Fui para lá em 2016 para jogar na base e tinha planos de ir para os Estados Unidos, mas, em 2017, subi para o adulto e preferi ficar no Brasil – conta Pamela.

Sua força física em quadra lhe rendeu o apelido de Panzer (tanque de guerra, em alemão), algo que não a incomoda.

– Pelo contrário. Eu gosto até mais do que Pamela (risos). Em quadra, me considero uma jogadora raçuda, que não desiste, independentemente do resultado. Gosto de ajudar todo mundo.

Agora no Sesi Bauru, a oposta demonstra bastante otimismo para a próxima temporada.

– É um time que tem muita estrutura e que vai ajudar muito em minha carreira, principalmente por ter o Anderson como técnico. As expectativas são as melhores possíveis. Temos um time muito bom para brigar por títulos – considera a oposto.

Veja também

Fabíola abre participação do vôlei em série de lives

A levantadora Fabíola, do Sesc RJ Flamengo, participa nesta terça-feira, às 20h, da live &…