Home Praia Recuperados do coronavírus, Alison e Álvaro iniciam novo ciclo olímpico
Praia - 26 de agosto de 2020

Recuperados do coronavírus, Alison e Álvaro iniciam novo ciclo olímpico

Depois de quase cinco meses em isolamento social e praticamente sem treinamentos, Alison e Álvaro Filho voltaram às atividades normais há poucos dias na Praia da Costa, em Vila Velha (ES).

A dupla retomou os trabalhos sob o comando do técnico Leandro ‘Brachola’ Andreão visando a disputa da primeira etapa do Circuito Brasileiro 2020-2021, entre os dias 24 e 27 de setembro, em esquema de ‘bolha’ no CDV (Centro de Desenvolvimento de Vôlei), em Saquarema (Região dos Lagos do Rio de Janeiro).

Depois de tanto tempo longe da bola e da areia, com treinos improvisados e preparação física adaptados em casa, Alison e Álvaro, enfim, podem dizer que estão prontos para um ‘novo ciclo olímpico’ para os Jogos de Tóquio (as Olimpíadas foram adiadas em razão da pandemia do COVID-19).

Recuperados do coronavírus – ambos testaram positivo para a doença -, sobram elogios do capixaba e do paraibano ao planejamento feito pela comissão técnica, que fizeram até a dor ser motivo de ‘saudade’ para o ‘Mamute’.

– Voltei com gás renovado por ser um ‘novo ano olímpico’. Eu estava sentido muita falta dos treinos, da rotina, da adrenalina… Estava com saudade de ‘sofrer’ nos treinos – brincou Alison.

Alison
Alison está recuperado do coronavírus (Renan Moysés/Divulgação)

– Temos uma equipe muito qualificada, que está aumentando a intensidade aos poucos, com calma, mas puxando o ritmo. Todo o conhecimento que nossa comissão tem, os cuidados que estão tomando, isso faz muita diferença, exige que todas as áreas estejam bem alinhadas, fisiologia, parte médica, física… Sabemos que tudo mudou nesses seis meses, o mundo, o esporte mudou e estamos adaptando isso ao nosso dia a dia. E vai ser assim até que haja uma vacina. Mas estou feliz por ver como voltamos, muito focados, treinos muito bons, tem tudo para ser uma grande temporada – completou o capixaba, ouro no Rio-2016 e prata em Londres-2012.

Álvaro, que vive a expectativa pelo nascimento do primeiro filho (em poucas semanas), ressaltou a importância do retorno gradativo como prevenção à lesões.

– Esse retorno foi feito com todos os cuidados, de forma gradativa, a equipe tem essa preocupação até para prevenir possíveis lesões. Está sendo tudo bem pensado, bem feito, porque nunca ficamos tanto tempo sem jogar. Estamos aprendendo como lidar com essa situação porque é nova para todo mundo. Já vemos evolução no dia a dia, academia, parte física, treinos com bola, está ficando bem mais puxado, com períodos mais intensos e vamos seguir assim para recuperar nosso melhor ritmo e entrosamento – disse.

Alison e Álvaro Filho garantiram a classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio como a dupla 1 do Brasil no ranking do Circuito Mundial 2019, sendo a terceira mais bem colocada no final da temporada internacional no ano passado. Depois da etapa de abertura da temporada, no fim de setembro, o circuito segue em Saquarema em outubro, com a disputa do segundo torneio entre 22 e 25 de outubro.

Veja também

Itambé Minas não dá chances ao Barueri e vence por 3 a 0

Cinco rodadas, três troféus Viva Vôlei. Mais uma vez, a central Thaisa foi eleita pelos in…