Vedacit Guarulhos
Home Superliga Sandro, do Vedacit Guarulhos: “Conseguimos montar uma equipe competitiva”
Superliga - 19 de agosto de 2020

Sandro, do Vedacit Guarulhos: “Conseguimos montar uma equipe competitiva”

O Vedacit Vôlei Guarulhos (SP) garantiu o acesso à Superliga Banco do Brasil Masculina de 2020/21 depois de terminar a última edição da Superliga B na primeira posição – a competição foi encerrada sem campeão devido a paralisação em função da pandemia da COVID-19. A equipe da Gande SP se reforçou para a disputa da elite do vôlei brasileiro e, com um time competitivo, espera lutar pela parte de cima da tabela a partir de novembro, quando está previsto o início do campeonato.

Antes de ter a melhor campanha na Superliga B, o Vedacit Vôlei Guarulhos ficou com o título da Superliga C e assim trilhou o caminho completo para competição principal, além de ter tido tempo para estruturar o projeto. Para o experiente levantador Sandro, de 39 anos, toda a caminhada até a confirmação da vaga na elite foi fundamental.

– Foi uma busca pelo acesso muito suada desde que traçamos esse projeto. Conseguimos ter sucesso respeitando todas as etapas para conseguir a classificação para a Superliga Banco do Brasil. Primeiro conquistamos a Superliga C, depois encerramos a B na primeira colocação e garantimos a nossa vaga. Estamos chegando na elite com uma gestão profissional e com um grande patrocinador nos apoiando. Chegamos bem e super estruturados para o campeonato – disse Sandro.

Guarulhos
Treino na areia (Divulgação)

O levantador, que também é capitão da equipe, ainda falou sobre o momento atual da equipe, que trabalha de forma gradativa.

– A expectativa para a temporada é muito boa. Conseguimos montar uma equipe competitiva mesclando atletas jovens com experientes. Acredito que essa mescla vai dar certo. Já iniciamos o nosso trabalho de forma gradativa pelo tempo que ficamos afastados. A chegada do Gui (Guilherme Novaes, treinador) veio agregar muito ao nosso time. Ele é muito qualificado. Já vamos ter o Paulista no próximo mês e será preparatório para a Superliga. Esperamos brigar com todos os times e vamos nos preparar para lutar pela parte mais alta da tabela – disse Sandro.

Guilherme Novaes ressaltou a importância de ter a cidade na competição.

– É espetacular ter a segunda maior cidade do estado de São Paulo na Superliga. Ainda mais se tratando de uma equipe séria, com um patrocinador do porte da Vedacit, e com uma gestão tão profissional. Esperamos através de muito trabalho e comprometimento realizar uma excelente temporada e solidificar o time na elite do voleibol brasileiro – disse Guilherme Novaes.

Entre as novidades para essa temporada estão o central Pedrão, o oposto Alemão, o ponteiro Felipe Rammé, o central Tiago Barth e o líbero Alexandre. Destaque da equipe na campanha da Superliga B, o ponteiro medalhista olímpico Thiago Alves segue no grupo para esta temporada.

A temporada 2020/2021 da Superliga masculina está prevista para começar em novembro, com data a ser divulgada em breve. Além do Vedacit Vôlei Guarulhos, participarão Apan/Eleva/Blumenau (SC), Minas Tênis Clube (MG), Vôlei UM Itapetininga (SP), Montes Claros América Vôlei (MG), Caramuru Vôlei (PR), Sada Cruzeiro (MG), EMS Taubaté Funvic (SP), Sesi-SP, Azulim/Gabarito/Uberlândia (MG), Pacaembu Ribeirão (SP) e Vôlei Renata (SP).

View this post on Instagram

Vedacit Vôlei Guarulhos reforça medidas de segurança e participará do Campeonato Paulista Disputa começa dia 12 de setembro com apenas 5 equipes ??? ​A equipe do Vedacit Vôlei Guarulhos confirmou na tarde desta quarta-feira, 12 de agosto, a participação no Campeonato Paulista Adulto da Divisão Especial, que terá início no dia 12 de setembro, de acordo com o calendário da Federação Paulista de Voleibol. A diretoria do time, que já iniciou a preparação para a temporada 2020/2021 da Superliga Banco do Brasil, afirma que neste momento será fundamental unir estratégia e cautela, para a participação segura na competição. “Estamos atentos e reforçamos nosso planejamento de recepção, avaliação de risco e análise técnica dos atletas que já estão se preparando. Seguimos cautelosos e consideramos que este torneio será bem-vindo na nossa etapa de preparação”, disse o Jornalista e Gestor Esportivo do VVG, Anderson Marsili. ​Marsili explica que os protocolos de segurança da equipe estão sendo monitorados com a excelência do INA – Instituto do Atleta, que é um dos mais renomados centros de treinamento desportivo e de atendimento multidisciplinar da dor crônica e reabilitação de lesões. A parceria possibilitou desenvolver o processo de preparação para a estreia na Superliga Banco do Brasil (CBV), prevista para o mês de outubro. A agenda da fase preparatória, que teve início no dia 3 de agosto, contou com a participação de outros parceiros: teste PCR (Covid-19) (Laboratório Hermes Pardini); avaliação isocinética (UNIFESP); teste ergoespirométrico, avaliações clínicas e testes funcionais no Centro Técnico do INA, que fica no bairro do Ibirapuera, em São Paulo. “Graças à parceria com o INA nossa gestão segue de forma responsável, priorizando a saúde dos jogadores. O que mais mereceu atenção nessa etapa foi a prevenção de lesões, justamente por causa dessa interrupção devido à pandemia, que foi um período muito longo sem treino”, disse o gestor. ​

A post shared by Vedacit Vôlei Guarulhos ? ? ? (@voleiguarulhos) on

Veja também

Brasil leva virada na Copa Pan-Americana

A quarta-feira (10/8) não foi marcada pela reabilitação do Brasil na Copa Pan-Americana, e…