Wallace
Home Internacional Um raio x da carreira de Wallace, o jogador da semana da FIVB
Internacional - Seleção Brasileira - 26 de agosto de 2020

Um raio x da carreira de Wallace, o jogador da semana da FIVB

O oposto Wallace, campeão olímpico com a Seleção Brasileira nos Jogos do Rio-2016 – atualmente destaque do Spor Toto, da Tuquia -, foi o “Jogador da Semana” do site da FIVB. Em matéria publicada na segunda-feira, a entidade máxima do vôlei fez um raio-x da carreira do jogador e reviveu suas principais conquistas.

Integrante da seleção desde 2010, Wallace teve seu primeiro grande teste vestindo a camisa verde-amarela durante a Olimpíada de Londres-2012, quando foi chamado para substituir o então titular Leandro Vissotto. O Brasil teve que se contentar com a prata, mas os 27 pontos que Wallace marcou na final contra a Rússia não deixaram dúvidas sobre o futuro da posição.

Desde então, Wallace, 1,98m, agora com 33 anos, liderou a Seleção Brasileira com grande sucesso, incluindo os títulos da Copa dos Campeões de 2013 e 2017, as medalhas de prata nos Campeonatos Mundiais de 2014 e 2018 – nas duas vezes o Brasil perdeu o título para a Polônia na final – e, claro, o ouro conquistado no Rio-2016, no ginásio do Maracanãzinho.

Ele foi fundamental para o Brasil em vários desses resultados, já que foi eleito o melhor oposto na Copa dos Campeões de 2013 e na Olimpíada do Rio 2016, e também nas edições de 2014, 2016 e 2017 da Liga Mundial – hoje a competição mudou de nome e se chama Liga das Nações (VNL).

A primeira comemoração de um título internacional do paulista, no entanto, remonta a 2007, quando ele ajudou o Brasil a vencer o Campeonato Mundial Sub-21. Seu sucesso internacional aumentou durante sua passagem de sete anos pelo Sada/Cruzeiro, entre 2009 e 2016.

Nesse período, Wallace dividiu as quadras com vários outros antigos e novos integrantes da Seleção Brasileira, incluindo o levantador William Arjona, o meia Eder e os ponteiros Leal e Mauricio Borges. Ele levou o time mineiro a dois títulos no Campeonato Mundial de Clubes, três triunfos no Campeonato Sul-Americano de Clubes e quatro na Superliga.

Wallace ganhou um punhado de prêmios individuais ao longo do caminho, incluindo as honras de MVP no Campeonato Mundial de Clubes de 2013 e um prêmio de melhor oposto na edição seguinte do torneio, além de ter sido três vezes o maior pontuador na Superliga.

Depois de passar as últimas duas temporadas no EMS/Taubaté Funvic e no Sesc RJ, Wallace embarcou recentemente em sua primeira aventura internacional, no Spor Toto Kulubu, da Turquia.

Veja também

Marlon e Rivaldo se juntam por desafio na Superliga C

Na próxima semana, a partir do dia 4 de novembro, o Grupo 5 da Superliga C masculina 2020 …