Verona
Home Destaques Arena de Verona não receberá a final da Supercopa
Destaques - Internacional - 13 de setembro de 2020

Arena de Verona não receberá a final da Supercopa

Problemas na Supercopa feminina motivaram a mudança no masculino

A Liga Italiana masculina anunciou, neste domingo, que a decisão da Supercopa, no dia 25 de setembro, não será mais realizada na Arena de Verona, um monumento histórico do país. O duelo agora acontecerá no ginásio da cidade.

Pesou para a definição o acontecido na Supercopa feminina, em Vicenza, na semana passada. Por conta da umidade excessiva, Novara e Busto Arsizio tiveram a semifinal, disputada numa praça do centro da cidade, interrompida no início do terceiro set. No dia seguinte, o restante do duelo e também a final foram transferidas para o ginásio local.

Confira a nota oficial da Liga Italiana masculina:

“A difícil escolha da Liga Série A de desistir de jogar a Final em uma arena ao ar livre, em um dos mais belos monumentos do mundo, é ditada por razões de segurança para os atletas. Apesar do conhecimento técnico buscado com muitas empresas especializadas, e das consultas sobre diferentes sistemas de aquecimento do campo de jogo, tendo em conta o que aconteceu recentemente em Vicenza durante a Supercopa feminina, ninguém conseguiu garantir que, em caso de umidade ao entardecer, o campo estaria em condições de manter a aderência necessária para permitir que as estrelas do campeonato jogassem com segurança, garantindo sua segurança”, explicou a Liga.

“Jogar na Arena de Verona era o nosso sonho. E a organização obviamente já se encontrava numa fase avançada. Infelizmente ninguém, depois do que aconteceu recentemente em Vicenza, nos garante mais a segurança de campo e, tendo que proteger a saúde dos atletas em primeiro lugar e consequentemente o patrimônio dos nossos clubes, infelizmente não temos escolha a não ser abrir mão desta grande oportunidade”.

Veja também

Carla reencontra Minas após última e rápida passagem

Carla era uma das caras novas do Itambé/Minas para a temporada 2020/2021. Um retorno para …