VNL
Home Destaques Renan e Zé Roberto falam sobre a VNL-2021
Destaques - Liga das Nações - Seleção Brasileira - 2 de setembro de 2020

Renan e Zé Roberto falam sobre a VNL-2021

Técnicos terão a Liga das Nações como última competição antes da Olimpíada

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) divulgou, neste início de semana, a tabela da edição de 2021 da Liga das Nações (VNL). Os técnicos Renan Dal Zotto e José Roberto Guimarães avaliaram, nesta quarta-feira, a importância da competição na preparação olímpica.

Com o cancelamento da temporada de seleções em 2020, a VNL do próximo ano ganhou um novo status. Neste ano, muitas seleções estavam decididas a poupar os principais astros, evitando um desgaste maior. Com a longa paralisação por conta da pandemia do coronavírus, a próxima edição da competição anual passa a ser decisiva para a definição dos elencos e retomada do ritmo de jogo. Talvez, por isso, a ideia de usá-la como laboratório final pré-Tóquio passe pela cabeça de muitos treinadores.

– A VNL, mais do que nunca, faz parte do calendário internacional anual que reúne as principais seleções do mundo. É uma competição muito intensa, de um nível técnico muito alto e em 2021 vai ser ainda mais interessante, já que esperamos que cada seleção use o que considere a melhor estratégia: fazer dela um laboratório para os Jogos Olímpicos ou fazer parte do programa de crescimento para os Jogos. Vai ser interessate ver como as seleções vão se comportar – comentou Renan.

– A Liga das Nações é uma competição importante e será decisiva na nossa preparação e definição do grupo para os Jogos de Tóquio. Será muito positivo jogar duas etapas em casa, o que significa estarmos mais próximos da nossa torcida e menos deslocamentos – emendou Zé Roberto.

A Liga das Nações terá, em 2021, passagens por Brasília (DF), Campo Grande (MS) e Cuiabá (MT). Os brasileiros jogarão entre os dias 21 e 23 de maio em Brasília e entre 11 e 13 de junho, em Campo Grande. As brasileiras jogarão a primeira semana da competição, entre os dias 11 e 13 de maio, em Cuiabá. Na sequência, entre 18 e 20 de maio, o Brasil terá como sede a capital federal.

Na última edição da Liga das Nações, em 2019, o Brasil ficou o quarto lugar no masculino e com a medalha de prata no feminino.

Confira o caminho da Seleção masculina na VNL de 2021

Veja a tabela da Seleção feminina da Liga das Nações do próximo ano

Veja também

Marlon e Rivaldo se juntam por desafio na Superliga C

Na próxima semana, a partir do dia 4 de novembro, o Grupo 5 da Superliga C masculina 2020 …