Civitanova
Home Internacional Trentino sai na frente do Civitanova na Supercopa
Internacional - 13 de setembro de 2020

Trentino sai na frente do Civitanova na Supercopa

Sem Lucarelli e Lisinac, Trentino conseguiu a virada

A retomada do vôlei masculino na Itália aconteceu em grande estilo, neste domingo. Jogando em casa, o Trentino virou para cima do Civitanova e abriu a semifinal da Supercopa com vitória por 3 sets a 2, parciais de 21-25, 25-19, 16-25, 25-21 e 15-9.

O jogo de volta acontecerá na próxima semana, na Eurosuole Forum, em Civitanova, no domingo, às 12h30 (de Brasília), com transmissão local pela RAI Sport. Pelo regulamento da competição, os atuais campeões do mundo precisarão vencer por 3 a 0 ou 3 a 1 para avançarem para a decisão. Devolver o triunfo no tie-break forçará a realização do golden set.

Para o torcedor do Trentino, o jogo marcou uma série de estreias. Apenas o levantador Gianelli é um remanescente, com todo o restante do time titular tendo sido contratado ou aproveitado da base: Abdel-Aziz na saída, Kooy e o jovem Michieletto nas pontas, os centrais Podrascanin e Cortesia, além do líbero Rossini. Lucarelli ficou no banco de reservas, mas, como já anunciado anteriormente pelo clube, não foi utilizado por Angelo Lorenzetti. Lisinac viu o duelo das cadeiras do BLM Group Arena.

Já o Civitanova teve apenas uma mudança na equipe-base, com o argentino De Cecco no lugar de Bruninho. Os demais titulares foram Rychlicki, Leal, Juantorena, Simon, Anzani e Balaso.

O holandês Abdel-Aziz terminou o duelo com 23 pontos: 15 no ataque (38% de aproveitamento), quatro no bloqueio e quatro aces. O saque foi uma das principais armas do Trentino, com 12 pontos feitos no fundamento.

Boa participação também do ponta holandês Kooy, com 18 pontos (14 no ataque com 50% de acerto) e mais quatro aces.

Pelos visitantes, Leal liderou a pontuação com 19 acertos (15 no ataque com 54% de aproveitamento), um no bloqueio e três no saque. Na sequência vieram Juantorena (15) e Simon (12).

Chama a atenção a quantidade de erros no passe do capitão Juantorena: oito, de um total de 12 do Civitanova.

Veja também

Minas derrota o Sesi SP e volta para o G4

O Minas derrotou o Sesi SP por 3 sets a 0 – parciais de 25-23, 25-21, 25-18 – …