Osasco
Home Super Vôlei Brait enaltece espírito guerreiro de Osasco, apesar da derrota
Super Vôlei - 31 de outubro de 2020

Brait enaltece espírito guerreiro de Osasco, apesar da derrota

A líbero do Osasco/São Cristóvão Saúde, Camila Brait, ressaltou o espírito guerreiro do time na derrota para o Dentil/Praia Clube na semifinal do Super Vôlei, na noite desta sexta-feira, no Centro de Desenvolvimento do Voleibol (CDV), em Saquarema. O time entrou em quadra menos de 24 horas depois de ter vencido o Sesi Bauru num jogo épico, de cinco sets e que só terminou na madrugada desta sexta.

– É lógico que nós queríamos a vitória para chegar à final do Super Vôlei. E lutamos muito em todos os momentos. E isso é o que vamos levar de positivo dessa partida: a entrega, a união desse grupo, que cresce a cada dia. O Praia tem um grande time e, mesmo cansadas e com problemas de lesão de algumas atletas, levamos os sets até o final, brigando ponto a ponto para ganhar. Agora é descansar um pouco e seguir em frente porque já, já começa a Superliga – disse Brait. Osasco estreia na principal competição do Brasil dia 9 de novembro, contra o Curitiba Vôlei.

A final do Super Vôlei reunirá Praia e Sesc RJ/Flamengo, na noite deste sábado, às 21h30, com transmissão pelo SporTV 2. O time carioca eliminou o Itambé/Minas por 3 sets a 2 na primeira semifinal.

DENTIL/PRAIA CLUBE:  Claudinha (3), Brayelin Martinez (16), Fê Garay (18), Anne (1), Carol (17), Walewska (15) e a líbero Suelen. Técnico: Paulo Coco. Entraram: Michelle (7), Monique, Mari Paraíba.

OSASCO/SÃO CRISTÓVÃO SAÚDE: Roberta (3), Tandara (20), Gabi Cândido (6), Tainara (17), Mayany (11), Bia (12) e a líbero Camila Brait. Técnico: Luizomar. Entraram: Naiane (1), Kika, Karine (1), Ana Medina.

Veja também

Pinta pede passe na mão de William por “novas magias”

O Fiat/Minas está em um bom momento na Superliga Banco do Brasil 2020/21, após conquistar …