São Paulo
Home Destaques Começa um “novo” Paulista para o São Paulo/Barueri
Destaques - Estaduais - 2 de outubro de 2020

Começa um “novo” Paulista para o São Paulo/Barueri

Atual campeão inicia série de jogos contra os favoritos

Três partidas, nove pontos ganhos, nove sets vencidos, nenhum perdido. O São Paulo/Barueri aproveitou bem a primeira parte de fase classificatória do Campeonato Paulista feminino. Mas a tabela colocou Sesi Bauru e Osasco/São Cristóvão Saúde pela frente para as últimas rodadas antes das semifinais. A primeira dessas pedreiras, Bauru, é o adversário desta sexta-feira do time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães. A partida começa às 19h e terá transmissão ao vivo pelo SporTV2. A partida será no ginásio do Sesi Vila Leopoldina, na zona oeste da capital paulista – fechado para o público.

– É outro patamar. Posso dizer que agora é outro campeonato. Espero que a gente jogue bem, que façamos o melhor jogo possível. O Sesi Bauru tem um pedigree melhor do que o nosso – diz Zé Roberto, que conduziu o Tricolor à conquista do Paulista do ano passado.

O time de Barueri não pôde renovar contrato com diversas peças daquele elenco campeão. Por esse motivo, seria natural que não se esperasse uma grande campanha na fase classificatória do Paulista. O próprio Zé Roberto avalia que não tinha condições de fazer uma análise mais aprofundada da relação de forças da competição. Mas fato é que a leva de contratadas tem causado boa impressão, sobretudo Karina, Glayce Kelly e Lorena, que estão sendo mais utilizadas.

– A gente não tinha ideia de como iam estar os times no Paulista, em função da parada. Tudo era uma novidade em razão do tempo em que as competições ficaram paralisadas. Mas o fato é que nosso time tem reagido bem, treinado bem, e vem mostrando uma performance muito boa.

Ele explicou como resolveu fazer tais apostas:

– Eu vi várias dessas meninas jogando nas seleções de base. É meu papel fazer observações, por ser técnico da Seleção adulta. Vi muita gente no Sul-Americano de Uberaba, por exemplo, há uns três anos.

Essas contratações permitem a Zé Roberto sustentar o projeto e ir inserindo no time de cima as jogadoras reveladas na base de Barueri, que faz bom trabalho de formação há anos.

– Nosso principal pressuposto é poder dar continuidade às categorias de base, que são fortes aqui. Esse é o nosso intuito, e faz parte do DNA do nosso time.

Veja também

Santo André vira sobre o Vôlei Renata

Primeiro dia, primeira zebra. O Vôlei Renata, atual bicampeão do Campeonato Paulista, estr…