Superliga C
Home Destaques Medalhista olímpico jogará Superliga C com 47 anos
Destaques - Superliga - 9 de outubro de 2020

Medalhista olímpico jogará Superliga C com 47 anos

Márcio Araújo está no elenco do Vôlei Unip/Fortaleza

A partir da próxima terça-feira, dia 13, Natal (RN) receberá as disputas do Grupo 3 da Superliga C masculina 2020. Serão sete equipes nordestinas em ação na busca do acesso à Superliga B 2021. Entre os participantes está o Vôlei Unip/Fortaleza (CE) que conta com o reforço do experiente Márcio Araújo, de 47 anos, medalhista de prata em Pequim-2008 no vôlei de praia.

Aliás, a participação de atletas da praia no elenco do time cearense não se resume apenas ao multicampeão Márcio Araújo. Além dele, a equipe conta ainda com outros quatro atletas com experiência no Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia – Leonam, Patrick, Fábio Bastos e Gabriel Mussi – mas é a experiência de Márcio que serve de trunfo para o Vôlei Unip/Fortaleza.

– A nossa expectativa é alta, temos apoio da cidade e da universidade para fazer uma grande competição, acredito em nossas chances. Eu penso que temos que focar em cada etapa do campeonato. Primeiro objetivo é classificar em nosso grupo, depois pensamos na semifinal. E, chegando à decisão, é a hora de pensar em ser campeão. Não adianta chegar pensando no título antes de entrar em quadra para o primeiro jogo. É a mesma filosofia que trouxe das competições que disputei no vôlei de praia – contou Márcio que é aluno da Unip, o que lhe rendeu bolsa e uma vaga no time.

– Eu sou estudante de Educação Física na Unip, e com isso, tenho bolsa para jogar. Então resolvemos levar esse projeto para a Superliga. É algo que já fazia parte dos meus planos. Temos todo o apoio e estrutura da universidade para formar o time. Migrar da praia para a quadra é que foi o inusitado. Não foi tão difícil a adaptação, pois já tinha o hábito de jogar na quadra como forma de lazer. Costumo jogar de oposto, mas de vez em quando também faço o papel de levantador – disse Márcio.

Superliga C
Márcio com as filhas (Reprodução)

Com duas participações olímpicas, incluindo a medalha em 2008, além de três títulos brasileiros e longa experiência internacional, o papel de Márcio na liderança da equipe cearense é natural. O atleta destaca a mescla que faz junto aos mais novos do elenco.

– Acho muito interessante poder fazer parte disso. Eu sei do meu papel como o mais experiente do grupo e tento passar essa experiência para os mais jovens. Essa mistura com a juventude é algo muito bom para o time. Todos nós nos conhecemos muito bem. A competição em Natal será muito difícil, serão sete times em busca de uma vaga. Acredito que temos boas chances, somos um time forte, mas temos que respeitar todos os demais adversários – explicou o jogador.

Junto de Márcio, outros atletas oriundos do voleibol de praia também compõe a lista de jogadores do Vôlei Unip/Fortaleza, como é o caso dos ponteiros Leonam, Patrick e Fábio Bastos, todos estiveram na disputa da primeira etapa Open da temporada 2020/2021 do Circuito Brasileiro, que ocorreu em Saquarema (RJ) no último mês de setembro. Fábio chegou até as quartas de final do torneio e confessa que não vê dificuldades na adaptação, e aguarda ansiosamente a oportunidade de estar em quadra com os companheiros.

– A minha relação com o time é muito boa, conheço todos, somos amigos, e ainda tem aqueles que disputam o Circuito Brasileiro de vôlei de praia. Será um prazer disputar esta Superliga C ao lado deles. Como o terreno é diferente, temos que ter mais cuidados, na areia o impacto é absorvido, na quadra esse impacto acaba sendo maior. A preparação física também precisa de atenção especial para não ficarmos sobrecarregados em nenhum dos terrenos e não atrapalhe o rendimento – contou Fábio que ainda elogiou a participação de Márcio Araújo no time.

– Jogar ao lado do Márcio Araújo é uma honra e um privilégio. Um atleta com longa história no esporte, medalhista olímpico e com diversos títulos na carreira e tem muito a ensinar para todos nós – finalizou Fábio.

Ainda faz parte do time o ponteiro Evandro da Silva, marido de Rebecca, atual campeã brasileira de vôlei de praia e classificada para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Veja também

Sada Cruzeiro inicia maratona diante de Blumenau

Nesta quinta-feira, às 21h30, o Sada Cruzeiro disputa a partida atrasada da sexta rodada d…