Superliga C
Home Superliga Projetos mineiros estreiam na Superliga C
Superliga - 27 de outubro de 2020

Projetos mineiros estreiam na Superliga C

Frutal e Uberlândia são estreantes em competições nacionais

Superliga C irá movimentar Minas Gerais. Oito esquipes do estado, sendo quatro de cada naipe, entram na disputa do título da competição e o acesso à Superliga B. Frutal e Uberlândia estão entre os primeiros times a entrarem em quadra. As equipes fazem parte do Grupo 1, naipe masculino, e medirão forças com mais quatro equipes, em Araçatuba, entre os dias 29 de outubro e 2 de novembro. As equipes se enfrentam já na estreia, dia 29 de outubro, às 18h.

Os projetos Vôlei Frutal e Uberlândia Vôlei são formadores de atletas da base e participarão pela primeira vez de uma Superliga. Fundado em 2017, o Vôlei Frutal conta com 80 jovens atletas. O projeto foi fundado pelo técnico Mateus Lucas Freitas que, desta vez, deixará a equipe sob o comando de Glauco de Sousa.

O Vôlei Frutal foi campeão escolar sub-14 e campeão estadual sub-15, ambos em 2018. Em 2019 foi campeão regional com a equipe sub-16. A Superliga C é a primeira competição de nível nacional em que o projeto participará, sabendo da importância desta competição, Mateus Freitas ressalta a projeção da equipe pelo simples fato de participar.

– Vejo que o campeonato proporcionará aos nossos atletas maior experiência com a elite do voleibol brasileiro, além da possibilidade de revelarmos novas estrelas nesse esporte que nos move todos os dias. Esta oportunidade poderá oferecer maior visibilidade aos nossos atletas, patrocinadores e consequentemente maiores perspectivas dentro do esporte, possibilitando restaurar e modificar a vida desses jovens e, quem sabe, galgar o acesso a Superliga B e A. Gratidão é o que flui em nosso vocabulário à todos que estão diariamente conosco e também a oportunidade que nos foi dada – disse o coordenador do Frutal.

Já o Uberlândia é um projeto social fundado em 2016 e conta com 120 atletas entre as categorias sub-16 e sub-21. Entre as principais conquistas das equipes assistidas pelo Uberlândia Vôlei estão os títulos conquistados em todas as etapas do JEMG (microrregional, regional e estadual), também o vice-campeonato brasileiro escolar, o título regional AR1 nas categorias sub-16, sub-17 e sub-19 e dois anos consecutivos terceiro lugar do campeonato estadual sub-16, além de ter o título da Copa Uberlândia adulto.

O treinador do Uberlândia fala sobre a expectativa de competir por uma vaga na Superliga B pela primeira vez.

– A expectativa é a melhor possível nessa primeira participação na Superliga C. São dois os motivos. O primeiro esta participação ser uma grande conquista do projeto , e isso nos motiva a cada dia estarmos dentro de quadra e superarmos todas as dificuldades e desafios. O segundo, porque mesmo sendo a nossa primeira participação, temos um grupo jovem, porém obediente, corajoso e está trabalhando em prol do mesmo objetivo. Isso eu acredito ser o ponto chave para termos um resultado expressivo – contou o técnico Fernando Alves.

A Superliga C, Etapa Araçatuba, conta com três rodadas classificatórias entre 29 e 31 de outubro. Além de Uberlândia e Frutal, estão participando Cidade Viva Vôlei do Mato Grosso, e as equipes paulistas Vôlei Iacanga Fitness, Praia Grande e Vôlei Futuro Assaí. As quatro equipes melhores classificadas disputam as semifinais no dia primeiro de novembro. A grande final será no dia 2.

Veja também

Pinta pede passe na mão de William por “novas magias”

O Fiat/Minas está em um bom momento na Superliga Banco do Brasil 2020/21, após conquistar …