Sesc RJ
Home Estaduais Sesc RJ/Fla bate o Flu e fica com o título do Carioca
Estaduais - 19 de outubro de 2020

Sesc RJ/Fla bate o Flu e fica com o título do Carioca

Sesc RJ/Flamengo se prepara agora para enfrentar novamente o Flu, pelo Super Vôlei, no fim do mês

O Sesc RJ Flamengo é o campeão carioca de 2020. Com uma atuação impecável no bloqueio, o Rubro-Negro derrotou o Fluminense por 3 sets a 0 – parciais de 25-22, 25-19 e 25-22 – na noite desta segunda-feira (19), no Ginásio Hélio Maurício, na Gávea.

O time do técnico Bernardinho se prepara agora para a estreia nas quartas de final do Torneio Super Vôlei, dia 28, em Saquarema (RJ), quando enfrenta novamente o Flu, às 21h30, com transmissão pelo SporTV 2. Confira aqui a tabela completa.

A capitã Amanda foi a maior pontuadora do jogo, com 14 pontos.

O time carioca jogou desfalcado da ponteira Ariele e da central Valquíria, que se recuperam de lesão. A levantadora Juma ficou no banco, mas sentiu uma lesão no ombro na última quinta-feira e foi poupada.

Quem também estava no ginásio, mas só como torcedora, foi a líbero Natinha, que sofreu uma grave lesão no joelho há duas semanas, vai ter de passar por uma cirurgia e está fora do restante da temporada. O Fla contratou a líbero da Seleção Colombiana Camila Gómez. Ela já está no Brasil, cumprindo os 14 dias de quarentena antes de se apresentar ao clube.

Depois de um início irregular, um pouco nervoso, permitindo o Tricolor abrir 5 a 1 no placar, o Sesc RJ Fla se encontrou e foi aos poucos imprimindo o seu ritmo e diminuindo a diferença. Muito bem na defesa, o Flu aproveitou os contra-ataques para fazer 21 a 17 no primeiro set . Mas, Juciely foi para o saque e fez estrago: só saiu de lá depois de fechar a parcial. O bloqueio rubro-negro funcionou muito bem com Roberta, e a ponteira Ana Cristina, até então irregular, passou a definir com eficiência.

O time da Gávea dominou o segundo os dois sets seguintes, mas tomou um susto no final do terceiro, quando viu Tricolor virar em 21 a 20. Mas, o Flu abusou dos erros e não teve forças para se manter à frente no marcador.

O bloqueio foi o grande fundamento do time. Foram 19 pontos no fundamentos, sendo 10 com a central Roberta. Ana Cristina ganha confiança a cada jogo. Cometeu alguns erros, atacando para fora, mas no geral foi bem. Improvisada como líbero Drussyla, que assim como todo o time tinha começado um pouco vacilante, passou a defender bem, propiciando os contra-ataques. Lorenne ainda com dificuldade no ataque. Pontou ou pouco. Até a metade do terceiro set ela tinha apenas cinco pontos – 3 de ataque e 2 de bloqueio. Roberta e Juciely muito bem no meio, embora tenham sido pouco acionadas no ataque pela Fabíola.

O Fluminense mostrou bom volume de jogo, mas as jovens Júlia e Mayara ainda alternaram momentos de instabilidade. Lazcano e Fran conseguiram bons bloqueio. Arianne teve dificuldade em passar pelo bloqueio adversário.

Sesc RJ/Flamengo: Fabíola, Lorenne, Ana Cristina, Amanda, Juciely, Roberta e Drussyla (líbero). Entraram:  Gabiru. Técnico: Bernardinho

Fluminense: Giovana, Arianne, Mayara, Júlia, Juliana Lazcano, Fran e Andressa (líbero). Entraram: Bruna, Rose, Marcella. Técnico: Hylmer Dias

Veja também

Caramuru derrota o América e entra no G8

O Caramuru derrotou o América Montes Claros por 3 sets a 1 – parciais de 25-23, 25-1…