Vôlei Renata
Home Destaques Vôlei Renata vai a Taubaté por liderança e vantagem
Destaques - Estaduais - 1 de outubro de 2020

Vôlei Renata vai a Taubaté por liderança e vantagem

EMS/Taubaté e Vôlei Renata duelam pelo primeiro lugar do Paulista

Invicto, o Vôlei Renata tem confronto direto pela liderança do Campeonato Paulista nesta sexta-feira. Os comandados do técnico Horácio Dileo vão até o Vale do Paraíba encarar o EMS/Taubaté, às 21h30, no Ginásio do Abaeté, tentando terminar a primeira fase do estadual na primeira posição. O duelo terá transmissão do SporTV2.

O time campineiro tem nove pontos na classificação e divide a liderança com o próprio Taubaté, que está na frente por ter perdido menos sets na competição. Desta forma, quem vencer garante o primeiro lugar e vantagem de decidir em casa os confrontos de playoffs da competição. O primeiro colocado enfrentará o vencedor de Vedacit Guarulhos x Sesi, enquanto o perdedor terá na semi o duelo com o Vôlei UM/Itapetininga.

– Vai ser um jogo muito duro e bastante competitivo, pelo nível dos dois times e porque também vale o primeiro lugar. Vamos para Taubaté focados em fazer nosso melhor e tentar voltar com a vitória. Estamos buscando evoluir jogo a jogo e o confronto desta sexta será um desafio para colocar nosso time a prova – comenta o ponteiro Vaccari, que também destaca a evolução do Vôlei Renata no Paulista.

– Ficamos muito tempo parados, sem pisar numa quadra por alguns meses, e agora estamos retomando o ritmo, então é natural que haja altos e baixos, mas o time tem mostrado foco em cenários que trabalhamos no dia-a-dia. Nesta sexta-feira, com certeza, vamos buscar manter esse crescimento, pois seremos exigidos a todo momento e precisaremos corresponder da melhor maneira possível – acrescenta.

O duelo também marca a reedição da última final do Paulista. Ano passado, as equipes fizeram uma decisão eletrizante, com uma vitória para cada lado, que foi decidida apenas no golden set.

– Foram muitos jogos decisivos, não só pelo Paulista, mas também pela Superliga e Copa do Brasil. Por esse histórico, acaba surgindo uma rivalidade e são duas equipes que gostam de jogar uma contra a outra. Agora é um novo desafio e estamos prontos para encará-lo – encerra o ponteiro.

Veja também

Fluminense: aposta em elenco alto, jovem e agressivo

Primeiro campeão brasileiro de vôlei feminino, em 1976, e seis vezes campeão sul-americano…