Guto
Home Praia Alison/Álvaro Filho e Guto/Arthur Mariano na final
Praia - 14 de novembro de 2020

Alison/Álvaro Filho e Guto/Arthur Mariano na final

Título da terceira etapa do Circuito Brasileiro será disputado neste domingo

A terceira etapa masculina do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia 20/21 teve os finalistas definidos ao final de mais um dia recheado de jogos equilibrados. No início da noite deste sábado, Alison/Álvaro Filho (ES/PB) e Guto/Arthur Mariano (RJ/MS) venceram as respectivas partidas semifinais e decidem o título da competição, que acontece mais uma vez no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ).

A disputa final será neste domingo, por volta das 12h (de Brasília), com transmissão pelo SporTV. Antes, às 11h, Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) e André/George (ES/PB), superados nas semifinais, se enfrentam valendo a medalha de bronze, em partida que também será televisionada.

Depois de decidirem o título da etapa passada, as duplas olímpicas do Brasil se reencontraram pouco mais de duas semanas depois, desta vez na semifinal. Alison e Álvaro Filho (ES/PB) venceram o duelo contra Evandro e Bruno Schmidt (RJ/DF) por 2 sets a 0 (21/18 e 21/19). O campeão olímpico Alison contou sobre as adaptações feitas para um ano tão atípico vivido pelos atletas.

– Nosso time completou um ano e quatro, cinco meses, e a gente está passando por muitas coisas que nós não passamos no ano passado. Ano passado tivemos a classificação olímpica, mas esse ano esse momento de quarentena, COVID, jogar sem torcida. Isso tudo é um aprendizado. Então a gente está usando cada campeonato, cada jogo, cada ponto para aprender. Hoje mais cedo foi assim, agora de noite também um confronto muito forte. Na semifinal os quatro times fortíssimos. A gente já se conhece muito bem e é no detalhe. Realmente o Álvaro fez a diferença e isso aí é o detalhe de um time – disse Alisson.

Guto e Arthur Mariano (RJ/MS) garantiram vaga na segunda final em três torneios disputados pela dupla desde que se uniram para a temporada 20/21. Para chegarem à decisão da terceira etapa, eles superaram André/George (ES/PB), dupla que é a atual campeã brasileira, de virada por 2 sets a 1 (18/21, 21/13 e 15/13). Com pouco tempo de parceria, mas com resultados relevantes alcançados, Guto destacou o entrosamento precoce do time.

– Estamos muito felizes com essa classificação, em ter a oportunidade de jogar mais uma final. A gente se dedica, mas ainda estamos sem palavras para poder explicar como tudo está acontecendo tão rápido para nosso time, que tem pouco tempo junto. Só tenho a agradecer o apoio da minha família, e da nossa comissão técnica – contou Guto.

Veja também

Taubaté vence mais uma e segue líder invicto

O EMS Taubaté Funvic segue imbatível na Superliga Masculina Banco do Brasil 2020/21. Na no…