Home Destaques Com 24 pontos de bloqueio, Osasco vence o Curitiba
Destaques - Superliga - 9 de novembro de 2020

Com 24 pontos de bloqueio, Osasco vence o Curitiba

O Osasco derrotou o Curitiba por 3 sets a 1, na estreia dos dois times na Superliga

O Osasco/São Cristóvão estreou com vitória na Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/21 ao derrotar o Curitiba por 3 a 1 – parciais de 25-19, 17-25, 25-22 e 25-13 -, com 24 pontos de bloqueio, na noite desta segunda-feira, no ginásio Positivo, em Curitiba (PR).

Mais quatro jogos dão sequência à primeira rodada, nesta terça-feira. às 17h (com Canal Vôlei Brasil), o Fluminense enfrenta o São Paulo/Barueri, no Rio; às 19h o São Caetano recebe o Itambé/Minas (com SportV 2), às 20h, o São José dos Pinhais pega o Dentil Praia Clube e às 21h30 (com Canal Vôlei Brasil), o Sesc RJ/Flamengo tem pela frente o Brasília Vôlei, no Ginásio Helio Maurício, na Gávea (com SporTV 2). Ainda hoje, o Sesi/Bauru enfrenta o Pinheiros, às 21h30, no Ginásio Villaboin, em São Paulo, com  SporTV.

Segundo as estatísticas da CBV, a oposta Ivna marcou 28 pontos. Mas, na contagem de Osasco, ela fez 12 pontos. As maiores pontuadoras do jogo foram Tandara e Bia, com 18 pontos cada uma. Bia foi eleita a melhor em quadra e ficou com o troféu Viva Vôlei.

Tandara foi a maior pontuadora (Guilherme Becker)

– A gente acompanhou o Curitiba contra o Praia e viu que elas têm um volume de jogo muito grande, um bom joguei. A gente fica feliz de estrear com vitória, estreia é sempre nervosa. Mas agora é ver os nossos erros para as próximas partidas – disse Bia.

O Curitiba deu trabalho nos segundo e terceiro sets, quando pressionou o passe de Osasco e foi eficiente nos contra-ataques. Na terceira parcial, o time chegou a estar vencendo por 16 a 12, mas em uma boa sequência de saque de Tandara permitiu a virada. O time paulista não contou com a ponteira Jaque, que se recupera de uma lesão no abdômen e nem viajou para o Paraná. Gabi Cândido fez dupla de ataque com Tainara.

A levantadora Bruninha disse que o time não saiu feliz com o resultado, mas que o Curitiba está no caminho certo.

– Precisamos melhorar muitas coisas, como o saque, o side out, o contra-ataque, eu preciso fazer melhores opções no contra-ataque, de repente usar mais o meio para facilitar a virada das ponteiras. Nossas ponteiras são jovens, têm 20 anos, às vezes enfrentam muito o bloqueio, mas isso vem com o tempo. Acredito que estamos no caminho certo. Vamos dar trabalho – disse.

Curitiba Vôlei: Bruna Costa (8), Ivna (12), Pietra (12), Milena (11), Lays (9), Valeskinka (6)e a líbero Juju Perdigão. Técnico: Pedro Moska. Entraram: Welissa, Izadora.

Osasco/São Cristóvão Saúde: Roberta (2), Tandara (18), Gabi Cândido (14), Tainara (11), Mayany (12), Bia (18) e a líbero Camila Brait. Técnico: Luizomar. Entraram: Naiane (1), Kika (1).

Osasco
Bia e Roberta no bloqueio (Guilherme Becker)

SUPERLIGA BANCO DO BRASIL FEMININA 19/20

Primeira rodada do turno

09.11 (SEGUNDA-FEIRA) – Curitiba Vôlei (PR) 1 x 3 Osasco São Cristóvão Saúde (SP) (19-25, 25-17, 22-25, 13-25), às 19h, no ginásio do Colégio Positivo Jr, em Curitiba (PR) – CANAL VÔLEI BRASIL

09.11 (SEGUNDA-FEIRA) – E.C. Pinheiros (SP) x Sesi Vôlei Bauru (SP) (18-25, 17-25, 28-30), às 21h30, no ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo (SP) – SPORTV 2

10.11 (TERÇA-FEIRA) – Fluminense (RJ) x São Paulo/Barueri (SP), às 17h, no Fluminense F.C., no Rio de Janeiro (RJ) – CANAL VÔLEI BRASIL

10.11 (TERÇA-FEIRA) – São Caetano (SP) x Itambé/Minas (MG), às 19h, no Lauro Gomes, em São Caetano (SP) – SPORTV 2

10.11 (TERÇA-FEIRA) – São José dos Pinhais/AIEL (PR) x Dentil/Praia Clube (MG), às 20h, no ginásio Ney Braga, em São José dos Pinhais (PR) – CANAL VÔLEI BRASIL

10.11 (TERÇA-FEIRA) – Sesc RJ Flamengo (RJ) x Brasília Vôlei (DF), às 21h30, no ginásio Helio Maurício, no Rio de Janeiro (RJ) – SPORTV 2

Veja também

Barueri perde o primeiro set, mas vira e bate o Brasília

O São Paulo/Barueri derrotou o Brasília por 3 sets a 1, de virada – parciais de 23-2…