Sesi Bauru
Home Destaques Com Mari na arquibancada, Flu perde para o Sesi Bauru
Destaques - Superliga - 17 de novembro de 2020

Com Mari na arquibancada, Flu perde para o Sesi Bauru

A central Adenísia foi o destaque do Sesi Bauru na vitória sobre o Fluminense, e ficou com o Troféu Viva Vôlei

Com a campeã olímpica Mari de espectadora, na arquibancada, o Fluminense foi derrotado pelo Sesi/Bauru por 3 sets a 0 – parciais de 25-16, 17-25, 25-21, 25-16 -, na noite desta segunda-feira, nas Laranjeiras, no Rio de Janeiro (RJ), na abertura da terceira rodada da Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/21.

Com o resultado, o time do técnico Rubinho se manteve invicto na competição, com três vitórias. Já o Tricolor venceu seu primeiro set, depois de vir de duas derrotas por 3 a 0.

A central Adenízia, do time paulista, foi eleita a melhor em quadra e ficou com o Troféu Viva Vôlei. Ela marcou 18 pontos – 13 de ataque e 5 de bloqueio. Até o fechamento desta matéria a CBV ainda não havia disponibilizado as estatísticas do jogo.

Na próxima rodada, o Tricolor enfrenta o Itambé/Minas, sexta-feira, às 21h30, em Belo Horizonte (MG). No mesmo dia, às 19h, o Sesi Bauru recebe o São Paulo Barueri, no Panela de Pressão, em Bauru (SP). Os dois jogos serão transmitidos pelo SporTV. Confira aqui a classificação.

Sesi Barueri
Mari na arquibancada (Mailson Santana/Flu)

O time de Bauru segue desfalcado da oposta Polina Rahimova, diagnosticada com COVID-19 na semana passada. O Sesi dominou o primeiro set do início ao fim. A levantadora Dani Lins, que se recupera de uma lesão lombar, entrou no final da parcial. No segundo set, o Sesi Bauru sofreu no passe e viu a ponteira Bruna, destaque do Flu até então, colocar as bolas de contra-ataque no chão. Com duas boas passagens pelo saque da central Fran e da levantadora Giovana, o time abriu 13 a 7 e conseguiu administrar e ampliar a boa vantagem para fechar a 25/17.

Na terceira parcial, o Flu começou perdendo, mas virou para 10 a 7, com boa atuação da ponteira Mayara. O set chegou a estar empatado em 19 a 19, mas o Sesi aproveitou bem os contra-ataques – amortecendo as bolas do Tricolor carioca – e fechou em 25 a 21. Bauru manteve o bom momento no quarto set e não teve dificuldades para vencer por 25 a 16.

A terça-feira ainda terá mais cinco partidas válidas pela terceira rodada da competição. O Curitiba Vôlei (PR) joga com o Itambé/Minas (MG), às 16h, no Colégio Positivo Jr, em Curitiba (PR), com transmissão do SporTV2. O mesmo canal ainda televisionará o jogo entre o São Caetano (SP) e o Dentil/Praia Clube (MG), às 19h, que acontece no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano (SP). Às 21h30, o Pinheiros recebe o Sesc RJ/Flamengo, no Henrique Villaboim, em São Paulo (SP), também com transmissão pelo SporTV.

Os outros dois jogos do dia serão transmitidos pelo Canal Vôlei Brasil (http://canalvoleibrasil.cbv.com.br). Às 19h o São Paulo/Barueri (SP) entra em quadra contra o Osasco São Cristóvão Saúde (SP), no José Correa, em Barueri (SP). Um pouco depois, às 20h, o Brasília Vôlei (DF) enfrenta o São José dos Pinhais/AIEL (PR), no Sesi Taguatinga, em Taguatinga (DF).

Sesi Bauru
Adenízia ficou como Troféu Viva Vôlei (Mailson Santana/Flu)

SUPERLIGA BANCO DO BRASIL FEMININA 20/21

Terceira rodada do turno

16.11 (SEGUNDA-FEIRA) – Fluminense (RJ) x Sesi Vôlei Bauru (SP), às 21h30, no ginásio do Fluminense, no Rio de Janeiro (RJ) – Canal Vôlei Brasil

17.11 (TERÇA-FEIRA) – Curitiba Vôlei (PR) x Itambé/Minas (MG), às 16h30, no Colégio Positivo Jr., em Curitiba (PR) – SporTV 2

17.11 (TERÇA-FEIRA) – São Caetano (SP) x Dentil/Praia Clube (MG), às 19h, no Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP) – SporTV 2

17.11 (TEÇA-FEIRA) – São Paulo/Barueri (SP) x Osasco São Cristóvão Saúde (SP), às 19h, no José Correa, em Barueri (SP) – Canal Vôlei Brasil

17.11 (TERÇA-FEIRA) – Brasília Vôlei (DF) x São José dos Pinhais (PR), às 20h, no Sesi Taguatinga, em Taguatinga (DF) – Canal Vôlei Brasil

17.11 (TERÇA-FEIRA) – Pinheiros (SP) x Sesc RJ Flamengo (RJ), às 21h30, no Henrique Villaboim, em São Paulo (SP) – SporTV 2

Veja também

Academia do Voleibol: diferenças entre Brasil e EUA

A edição da noite desta segunda-feira da Academia do Voleibol deu continuidade à série ini…