Praia
Home Superliga Dentil/Praia Clube segue com campanha perfeita
Superliga - 28 de novembro de 2020

Dentil/Praia Clube segue com campanha perfeita

Time de Uberlândia ainda não perdeu sets

18 sets disputados, 18 vencidos. O Dentil/Praia Clube segue com campanha perfeita na Superliga feminina 2020/2021. Na noite deste sábado, em sua arena, em Uberlândia, o time dirigido por Paulo Coco passou pelo Fluminense, parciais de 25-16, 25-15 e 25-16.

Com 18 pontos, o Praia reassume a liderança da competição. O Osasco/São Cristóvão Saúde tem a mesma pontuação, mas fica em segundo por ter perdido dois sets até aqui. Já o Tricolor segue sem pontos e sem vitórias após cinco jogos, tendo encarado quase todos os favoritos rivais: Osasco, Itambé/Minas, Sesi Bauru e São Paulo/Barueri.

Fê Garay foi eleita a melhor do jogo e levou o Troféu VivaVôlei. Ela marcou 14 pontos, um a mais do que Brayelin Martinez. Bruna fez 11 para o Flu.

– Uma vitória muito importante. Sabíamos a qualidade do Fluminense. A gente segue no campeonato, sabendo que ele vai ficar cada vez mais difícil – disse a ponteira campeã olímpica.

Na próxima rodada, o Praia irá até Barueri enfrentar o São Paulo, na terça-feira, às 19h. O SporTV transmitirá. No mesmo dia, às 17h, o Flu receberá nas Laranjeiras o Brasília, afastado das últimas rodadas por conta de um surto de coronavírus no elenco.

Como já virou praxe nas rodadas iniciais da Superliga, Paulo Coco tem rodado todo o elenco durante os jogos. A única titular poupada foi a central Walewska, com dores no joelho. Já Hylmer Dias segue sem conseguir escalar seus principais nomes. Mari ainda não estreou, Fernanda Tomé só está liberada para fazer passagens pelo saque, enquanto Arianne está lesionada. No decorrer do segundo set, a levantadora Giovana teve um dedo deslocado na tentativa de uma defesa.

Com exceção do equilíbrio até a metade do segundo set, o restante do jogo teve domínio completo das donas de casa. O bloqueio do Praia foi dominante, com 14 pontos, sem contar o leque de opções ofensivas que Claudinha tem à disposição. O Fluminense, que teve um bom aproveitamento no passe, teve dificuldade na rodada de bola. A expectativa é de que Mari possa resolver tal problema.

Veja também

Gabi e Tainara no radar do Conegliano?

Duas ponteiras brasileiras ganharam força nos bastidores do Conegliano para a temporada 20…