Minas Gattaz
Home Superliga Itambé Minas vence o Flu e continua invicto
Superliga - 20 de novembro de 2020

Itambé Minas vence o Flu e continua invicto

Depois de vencer os dois primeiros sets com facilidade, o Itambé/Minas viu o Fluminense encostar no terceiro, mas acabou vencendo o confronto da noite desta sexta-feira por por 3 sets a 0 – parciais de 25-14, 25-14, 25-23 -, na Arena do Minas, em Belo Horizonte, pela quarta rodada do turno da Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/21.

A levantadora Macris foi eleita a melhor em quadra e ficou com o Troféu Viva Vôlei. A ponteira Pri Daroit foi a maior pontuadora do jogo com 15 acertos, seguida por Thaisa e Carol Gattaz (12 cada uma), Kasiely e Dani Cuttino (10 cada). No Flu, três jogadoras terminaram a partida com 7 pontos: a oposta Bruna Moraes e as ponteiras Dayse e Júlia. Gattaz foi a atacante mais eficiente, com 69% de aproveitamento, seguida por Kasiely, com 64%. O Minas errou mais que as adversárias: cedeu 20 pontos, contra 14 do Flu.

O Fluminense não contou com a levantadora Giovana e ponteira Mayara, lesionadas. A campeã olímpica Mari já tem condição de jogo junto à CBV, mas ainda não está em condições físicas. Ela assistiu ao jogo pela arquibancada, em BH. Diante da diferença técnica, o Minas não teve dificuldade para impor sua superioridade nas duas primeiras parciais, mas na terceira, o Flu conseguiu tirar uma diferença de quatro pontos para encostar em 21 a 22.. O técnico do time mineiro, Nicola Negro poupou a ponteira norte-americana Megan Easy e Kasiely começou como titular.

Minas Macris
Macris ficou com o troféu Viva Vôlei (Orlando Bento/MTC)

O Minas subiu para a terceira posição, com 12 pontos, mesma pontuação do líder Dentil Praia Clube e do vice-líder Osasco São Cristóvão Saúde, que venceram seus jogos na rodada e têm melhor saldo de sets. Confira aqui a classificação. Na sequência da tabela aparecem Sesi/Bauru, com 11 pontos; Sesc RJ Flamengo com 9 (um jogo a menos), São Paulo Barueri (7). São José dos Pinhais (3), Curitiba (0), Brasília (0), Fluminense (0), Pinheiros (0) e São Caetano (0) completam a classificação.

As mineiras voltam à quadra na próxima segunda-feira para enfrentar o São Paulo Barueri, às 21h30, no Ginásio José Correa, na abertura da quinta rodada. O Fluminense enfrentaria o Sesc RJ, mas o Rubro Negro teve a partida adiada para o 8/12 por causa dos casos de Covid-19 no grupo. O Tricolor carioca só volta a jogar agora no sábado (28), contra o Praia, em Uberlândia (MG), pela sexta rodada.

Dois jogos que dariam sequência neste sábado à quarta rodada da Superliga foram adiados por causa do surto de coronavírus no Sesc RJ Flamengo e no Brasília Vôlei. As cariocas enfrentariam o Curitiba, partida que foi remarcada para o dia 8/12, às 19h, no Sul. O confronto entre as brasilienses e o São Caetano passou para o dia 15/12.

Veja também

Osasco vence o clássico e segue na cola do líder Praia

Agora restam apenas dois invictos na Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/21: o líder D…