Minas
Home Destaques Itambé Minas vira e derrota o Curitiba
Destaques - Superliga - 17 de novembro de 2020

Itambé Minas vira e derrota o Curitiba

O Itambé Minas perdeu o primeiro set, mas reagiu e venceu as paranaenses por 3 sets a 1, na abertura da terceira rodada

Depois de um primeiro set instável, o Itambé Minas encontrou o seu jogo – com boas atuações da central Thaisa e da ponteira Megan Easy, principalmente – e venceu o Curitiba por 3 sets a 1 – parciais de 22-25, 25-15, 25-14, 25-21 – na tarde desta terça-feira, no Ginásio Positivo Jr., em Curitiba, na abertura da terceira rodada da Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/21.

Mais quatro jogos dão sequência à rodada hoje. – veja a tabela abaixo. Com o resultado, o Minas manteve a invencibilidade, com 9 pontos (3 vitórias). Confira aqui a classificação.

Thaisa foi, novamente, eleita a melhor em quadra e ficou com o Troféu Viva Vôlei. O time mineiro marcou 19 pontos de bloqueio, 8 deles com a central, que fez 20 pontos no total – foram 12 de ataque (63% de aproveitamento). Esse foi o segundo troféu dela em três jogos até agora na Superliga.

O Curitiba foi, novamente, um time guerreiro, que soube aproveitar os momentos de instabilidade do Minas não só no primeiro set, mas também no início do quarto, quando chegou a abrir 10 a 5 no marcador. Tem bom desempenho no passe e ótimo volume de jogo. Mas, parou no bloqueio mineiro, que passou a funcionar a partir do segundo set. Mesmo quando o Minas não matava o ponto no fundamento, amortecia para os contra-ataques. Milena e Ivna foram as maiores pontuadoras da equipe paranaense, com 13 pontos cada uma.

As mineiras entraram desconcentradas no primeiro set, com problemas na virada de bola, mas principalmente na sua relação bloqueio-defesa. A partir do segundo, no entanto, o bloqueio passou a funcionar, Thaisa assumiu a partida ofensivamente e o Minas deslanchou. Destaque para a atuação no ataque de Megan Easy, que marcou 14 pontos, com 57% de aproveitamento. Apesar das duas americanas – também a oposta Dani Cuttino – ainda sofrerem um pouco o tempo de bola, já dá para ver uma evolução no entrosamento com a Macris.

A levantadora minastenista também teve boa atuação, colocando todo mundo para jogar. As cinco atacantes terminaram o jogo com dois dígitos nas estatísticas. Além de Thaisa, com 20, e Megan, com 14, Carol Gattaz pontuou 15 vezes (10 de ataque, 1 de saque e 4 de bloqueio e 43% de aproveitamento no ataque); Pri Daroit e Cuttino fizeram 12 cada.

Na próxima rodada, o Minas recebe o Fluminense, sexta-feira, às 21h30, em Belo Horizonte (MG). O Curitiba tem pela frente o Sesc RJ Flamengo no sábado, às 19h, no Rio. Os dois jogos terão transmissão pelo SporTV.

SUPERLIGA BANCO DO BRASIL FEMININA 20/21

Terceira rodada do turno

16.11 (SEGUNDA-FEIRA) – Fluminense (RJ) 1 x 3 Sesi Vôlei Bauru (SP) (16-25, 25-17, 21-25 e 16-25), às 21h30, no ginásio do Fluminense, no Rio de Janeiro (RJ)

17.11 (TERÇA-FEIRA) – Curitiba Vôlei (PR) 1 x 3 Itambé/Minas (MG) (22-25, 25-15, 25-14, 25-21), às 16h30, no Colégio Positivo Jr., em Curitiba (PR) – SporTV 2

17.11 (TERÇA-FEIRA) – São Caetano (SP) 0 x 3 Dentil/Praia Clube (MG), (9-25, 10-25, 10-25), às 19h, no Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP) – SporTV 2

17.11 (TEÇA-FEIRA) – São Paulo/Barueri (SP) x Osasco São Cristóvão Saúde (SP), às 19h, no José Correa, em Barueri (SP) – Canal Vôlei Brasil

17.11 (TERÇA-FEIRA) – Brasília Vôlei (DF) x São José dos Pinhais (PR), às 20h, no Sesi Taguatinga, em Taguatinga (DF) – Canal Vôlei Brasil

17.11 (TERÇA-FEIRA) – Pinheiros (SP) x Sesc RJ Flamengo (RJ), às 21h30, no Henrique Villaboim, em São Paulo (SP) – SporTV 2

Veja também

Barueri perde o primeiro set, mas vira e bate o Brasília

O São Paulo/Barueri derrotou o Brasília por 3 sets a 1, de virada – parciais de 23-2…