Minas
Home Superliga Minas bate o Sada/Cruzeiro em jogo emocionante em BH
Superliga - 13 de novembro de 2020

Minas bate o Sada/Cruzeiro em jogo emocionante em BH

O Minas vencia o Sada/Cruzeiro por 2 a 0, permitiu o empate, mas conseguiu ganhar no tie-break

O primeiro jogaço da Superliga Masculina 2020/2021 aconteceu na noite desta quinta-feira. Em uma partida de muita emoção, grandes defesas e os dois times se alternando no placar, o Minas derrotou o Sada/Cruzeiro por 3 a 2 – parciais de 26-24, 25-23, 23-25, 11-25 e 17-15 -, na Arena do Minas, em Belo Horizonte (MG), no encerramento da terceira rodada da competição.

O ponteiro Honorato, do Minas, autor de 14 pontos no jogo e incríveis 74% de eficiência no ataque, foi eleito o melhor em quadra e ficou com o Troféu Viva Vôlei. O oposto Alan, do Sada/Cruzeiro, foi o maior pontuador do jogo, com 22 acertos, todos de ataque – 58% de aproveitamento.

O Vôlei Renata terminou a rodada na liderança, com 9 pontos e melhor saldo de pontos que os rivais, seguido pelo EMS/Taubaté/Funvic, que também tem 9 pontos. O Minas vem na sequência, em terceiro, com 8 pontos e também está invicto, com 3 vitórias. O Sada/Cruzeiro é o quarto na tabela, com 7 pontos.

Minas Alan
Alan foi o maior pontuador do jogo (Agenciai7/Divulgação)

Além do bom aproveitamento no ataque, Honorato teve também boa atuação no passe, com 63% de eficiência. Ele e Maique conseguiram recepcionar bem as bombas do saque cruzeirense. O líbero minastenista teve 87% de aproveitamento no fundamento. Outros destaques do Minas foram o oposto cubano Escobar, om 17 acertos, seguido pelo argentino Nicolas Lazio (15), do central Matheus Pinta (12) e do central Juninho (2), Pelo Sada/Cruzeiro, Rodriguinho pontuou 18 vezes, López 16, Cledenilson 10 e Otávio 7.

O Sada/Cruzeiro marcou 67 pontos de ataque, contra 58 do Minas. Os dois times empatarem em bloqueios: 4 pontos de cada lada. O time celeste fez 4 aces, contra 2 dos donos da casa e os visitantes cederam 38 pontos em erros, contra 37 dos minastenistas.

Com a exceção do quarto set, as demais parciais foram decididas pela diferença mínima. O Minas abriu 2 a 0, com grande atuação no passe, principalmente, facilitando a distribuição do levantador William e a virada de bola. A equipe minastenista caminhava para uma vitória por 3 a 0, mas tomou a virada no final do terceiro set. Com Rodriguinho em quadra no lugar de Conte e jogando muito bem – substituição que aconteceu ainda no primeiro set -, o atual campeão mineiro virou com Filipe no saque e três ataques ineficientes dos donos da casa.

Com defesas espetaculares e virando todas as bolas – tanto no meio quanto nas extremidades -, o Sada/Cruzeiro não tomou conhecimento do Minas na quarta parcial. Abriu 8 a 1, depois 12 a 3 e 17 a 7, com o seu conhecido jogo de saque e bloqueio agressivos. Os anfitriões, ao contrário, perderam a confiança no ataque e pararam no bloqueio rival. O técnico Nery Tambeiro sacou praticamente todo o time titular, já admitindo a provável derrota no quarto set, para tentar recuperar, ao menos psicologicamente seus titulares. O Sada/Cruzeiro arrasou o Minas na parcial: 25 a 11. O Minas parecia não ter forças para reagir.

No tie-break, no entanto, os donos da casa voltaram bem no passe e virando melhor as bolas de side out com Escobar, Honorato e Lazo. Pinta também foi bem no side out. O Sada/Cruzeiro perdia por 10 a 8 mas conseguiu virar. Mas, o Minas aproveitou dois contra-ataques e contou com o erro de ataque de Rodriguinho no último ponto para vencer o set por 17 a 15 e o jogo por 3 a 2.

Na próxima rodada, o Sada/Cruzeiro enfrenta o Vôlei Renata, domingo, às 19h, no Ginásio do Taquaral, em Campinas (SP) e, no mesmo dia, às 21h30, o Minas encara o EMS/Taubaté/Funvic, no Ginásio do Abaeté, no duelo de invictos. Os dois jogos serão transmitidos pelo SporTV 2.

Minas: William, Escobar, Honorato, Lazo, Gustavão, Matheus Pinta e Maique (líbero). Entraram: Juninho, Gustavo Orlando, Paulo e Lucas. Técnico: Nery Tambeiro.

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Alan, Conte, Lopez, Otávio, Cledenilson e Lukinha (líbero). Entraram: Oppenkoski, Resley e Filipe. Técnico: Marcelo Mendez.

SUPERLIGA BANCO DO BRASIL MASCULINA 20/21

Terceira rodada do turno

11.11 (QUARTA-FEIRA) – Azulim/Gabarito/Uberlândia (MG) 3 x 1 Montes Claros América Vôlei (MG), às 17h, no Sabiazinho, em Uberlândia (MG) – CANAL VÔLEI BRASIL (20/25, 25/23, 25/19 e 25/23)

11.11 (QUARTA-FEIRA) – Apan/Eleva/Blumenau (SC) 1 x 3 EMS Taubaté Funvic (SP), às 19h, no Galegão, em Blumenau (SC) – SPORTV (23/25, 25/18, 25/17 e 25/16)

11.11 (QUARTA-FEIRA) – Vôlei Renata (SP) 3 x 0 Sesi-SP, às 19h30, no ginásio Taquaral, em Campinas (SP) – CANAL VÔLEI BRASIL (25/23, 35/33 e 27/25)

12.11 (QUINTA-FEIRA) – Vôlei UM Itapetininga (SP) 3 x 1 Vedacit/Vôlei Guarulhos (SP) (25/18, 25/19, 15/25 e 25/21), às 17h, no ginásio Ayrtin Senna da Silva, em Itapetininga (SP) – CANAL VÔLEI BRASIL

12.11 (QUINTA-FEIRA) – Pacaembu/Ribeirão (SP) x Caramuru Vôlei (SP) (25/21, 23/25, 25/23 e 25/23), às 19h, no ginásio Cava do Bosque, em Ribeirão Preto (SP) – SPORTV 2

12.11 (QUINTA-FEIRA) – Minas Tênis Clube (MG) x Sada Cruzeiro (MG) (26/24, 25/23, 23/25, 11/25, 17/15), às 21h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) – SPORTV 2

Veja também

Brasília volta a jogar na Superliga após covid

A oitava rodada do turno da Superliga Banco do Brasil feminina começa nesta sexta-feira co…