Osasco
Home Destaques Nesta sexta-feira 13, Osasco não quer dar chance ao azar
Destaques - Superliga - 12 de novembro de 2020

Nesta sexta-feira 13, Osasco não quer dar chance ao azar

Osasco São Cristóvão Saúde recebe o Fluminense, nesta sexta-feira

Disposto a não dar chance para o azar nesta sexta-feira 13, o Osasco São Cristóvão Saúde estreia em casa na Superliga Banco do Brasil em busca da segunda vitória seguida. A equipe comandada pelo técnico Luizomar recebe o Fluminense, a partir das 21h30, no ginásio José Liberatti, com transmissão do Sportv 2. A partida é válida pela segunda rodada da competição nacional e o time osasquense entra em quadra embalado pela vitória sobre o Curitiba Vôlei, por 3 sets a 1, na abertura da competição, segunda-feira (9), na capital paranaense.

Tão importante quanto os três pontos conquistados em Curitiba, foi a forma como a vitória foi construída. Tainara jogou com dores em função de uma contratura muscular na região da coluna dorsal, sentida durante o aquecimento. Gabi Cândido passou a semana entre treinos e fisioterapia para se recuperar do estiramento muscular no posterior da coxa esquerda. Jaque não jogou para se recuperar de uma lesão que a incomoda desde as finais do Campeonato Paulista. Por tudo isso, a palavra superação tem sentido especial para o time.

– Esse grupo tem muita garra e a entrega em quadra é um dos seus pontos fortes. Foi assim na conquista do título estadual e será assim na Superliga. Já mostramos isso na estreia – garante a capitã Roberta, eleita a MVP da partida pela torcida em votação nas redes sociais.

Para bater o Fluminense, a expectativa é sacar bem e repetir o desempenho do bloqueio apresentado na estreia. Contra o Curitiba Vôlei, foram 24 pontos marcados nesse fundamento, sem contar as bolas amortecidas pelo paredão osasquense que propiciaram defesas e contra-ataques.

Osasco
(Guilherme Becker/Divulgação)

– Nós treinamos muito, mas bloquear é uma ação a qual me dedico sempre. Fico feliz por termos ido bem e seguimos trabalhando para nos aperfeiçoar cada vez mais. A Superliga está mais equilibrada a cada ano e não esperamos nenhuma facilidade contra o Fluminense – explica Bia, maior pontuadora da estreia, ao lado de Tandara, com 18 acertos. Desses 18, a central marcou 9 de bloqueio.

Jogar na sexta-feira 13 não preocupa as atletas do Osasco São Cristóvão Saúde.

– Todo atleta tem suas manias. Eu mesma repito sempre o mesmo ritual ao sacar (quica a bola 11 vezes e gira em ambas as mãos antes do saque), mas quanto a superstições como o dia do azar, não acredito. Até porque, vai ser sexta-feira 13 para os dois times. Então, precisamos entrar em quadra concentradas, sem perder o foco no plano tático e dar o nosso máximo para conquistar a segunda vitória seguida na semana de estreia da Superliga – complementa a oposta Tandara.

Visita

Nesta quinta-feira (12), as atletas e a comissão técnica de Osasco foram recebidas pelo CEO do Grupo São Cristóvão Saúde, Valdir Ventura, para uma homenagem pela conquista do título do Campeonato Paulista 2020. Como forma de agradecimento pelo patrocínio e apoio nos testes para garantir a saúde do grupo contra a Covid-19, o time levou o troféu estadual e um quadro com a camisa osasquense emoldurada.

Osasco
(Divulgação)

 

Veja também

Vakifbank completa semana perfeita na Champions

O Vakifbank encerrou a primeira semana da Champions League feminina com 100% de aproveitam…