Sada Cruzeiro
Home Destaques Sada/Cruzeiro vence na estreia. Alan: 81% de eficiência no ataque
Destaques - Superliga - 1 de novembro de 2020

Sada/Cruzeiro vence na estreia. Alan: 81% de eficiência no ataque

O Sada/Cruzeiro derrotou o Vedacit/Guarulhos na abertura da Superliga

O Sada/Cruzeiro impôs o seu favoritismo e derrotou o Vedacit/Guaruhos por 3 sets a 0 – parciais de 25-19, 25-21 e 25-19 -, na noite deste domingo, em Guarulhos (SP), pela primeira rodada da Superliga Masculina 2020/2021.

O oposto Alemão, do Guarulhos, foi o maior pontuador do jogo, com 16 pontos (52% de aproveitamento no ataque), seguido pelo ponteiro Rammé, com 9 (47%). Pelo lado mineiro, Alan pontuou 14  vezes (com 81% de aproveitamento no ataque) e Rodriguinho, 12 (61%). O central Cledenilson, autor de 8 pontos (1 de bloqueio, 1 de saque e 75% e aproveitamento no ataque),  foi eleito o melhor do jogo e faturou o troféu Viva Vôlei.

Na próxima rodada, Guarulhos enfrenta o Taubaté, sexta-feira (6.11), às 19h, no Ginásio do Abaeté, com transmissão pelo SporTV. O Sada/Cruzeiro volta à quadra sábado (7.11), contra o Caramuru, às 21h30, no Ginásio do Riacho, em Contagem, também com transmissão pelo SporTV.

A primeira rodada da Superliga segue na terça-feira, com dois jogos. Às 19h, América/Montes Claros e Vôlei Renata jogam no Ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros e, às 21h30, o Azulim/Gabarito/Uberlândia recebe o EMS/Taubaté/Funvic, no Sabiazinho, em Uberlândia. Os dois jogos serão transmitidos pelo SporTV.

O técnico do time celeste, o argentino Marcelo Mendez, poupou dois titulares na partida de hoje: o ponteiro Facundo Conte e o central Isac. Rodriguinho e Cledenílson foram os titulares e ficaram até o final.

O Sada/Cruzeiro jogou bem, já recuperado da derrota sofrida para o rival Taubaté por 3 sets a 2, de virada, na final da Supercopa, em Campo Grande (MS), na última sexta-feira. Os paulistas começaram bem os sets, mas na segunda metade das parciais o time mineiro conseguiu deslanchar, com Cachopa distribuindo com eficiência. Destaque para as atuações de Rammé e Alemão pelo lado do Guarulhos, que evolui bastante em relação à equipe que jogou o Campeonato Paulista há um mês.

No Cruzeiro, Alan jogou com segurança, pegando a bola alta e virando os ataques como a torcida se acostumou a ver quando ele defendia o Sesi e também a Seleção Brasileira, no ano passado. Rodriguinho e Cledenilson entraram bem. López foi muito regular no saque. O fundamento encaixou bem, ele sacou forte e cometeu poucos erros. Otávio teve 100% de aproveitamento no ataque (5 bolas).

Guarulhos, do técnico Guilherme Novaes, entrou em quadra com Sandro, Alemão, Thiago Alves, Rammé, Tiago Barth, Pedrão e o líbero Alexandre. Marcel o Mendez escalou o Sada Cruzeiro com: Cachopa, Alan, Rodriguinho, López, Otávio, Cledenilson e Lukinha  (líbero).

 

 

 

Veja também

Osasco vence o clássico e segue na cola do líder Praia

Agora restam apenas dois invictos na Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/21: o líder D…