Sesc RJ Flamengo
Home Destaques Sesc RJ Flamengo bate o Brasília na estreia
Destaques - Superliga - 10 de novembro de 2020

Sesc RJ Flamengo bate o Brasília na estreia

O Sesc RJ jogou sem a oposta Lorenne, que sentiu a panturrilha durante o aquecimento e ficou fora da partida

O Sesc RJ Flamengo sofreu no início, mas derrotou o Brasília Vôlei por 3 sets a 1, de virada – parciais de 14-25, 25-21, 25-19, 25-10 -, na noite desta terça-feira, no Ginásio Hélio Maurício, na Gávea, no encerramento da primeira rodada da Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/2021.

A líbero Marcelle, de 18 anos, que entrou no lugar de Drussyla – que se sentiu mal durante o segundo set -, foi eleita a melhor em quadra e ficou com o Troféu Viva Vôlei. A ponteira do Sesc RJ Flamengo, Ana Cristina, de 16 anos, foi a maior pontuadora da partida, com 24 pontos. Até o encerramento dessa matéria a CBV ainda não havia divulgado as estatísticas do jogo.

Encerrada a rodada, O Dentil/Praia Clube lidera a classificação por ter melhor set e ponto average entre os times que venceram. Na sequência aparecem Itambé/Minas, São Paulo/Barueri, Sesi/Bauru, Sesc RJ/Flamengo e Osasco/São Cristóvão Saúde, todos com 3 pontos.

A maré de falta de sorte com as lesões seguem no Rubro-Negro. Durante o aquecimento, a oposta Lorenne sentiu a panturrilha e nem foi escalada. Sabrina começou como titular. Ela fará exames nesta quarta-feira para saber o grau do que pareceu ser um estiramento. No meio do segundo set, a ponteira Drussyla, que estava jogando improvisada como líbero no lugar de Camila Gómez – lesionada -, que por sua vez substitui Natinha – que passou por uma cirurgia no joelho e está fora da temporada – se sentiu mal e não voltou mais para o jogo. A líbero reserva Marcelle entrou e foi bem.

Um dos subterfúgios usados pela comissão técnica do Sesc RJ para minimizar os escorregões na nova quadra foi espalhar pó de magnésio no piso.

Depois de um primeiro set de muitos erros e de uma ótima atuação do organizado time de Brasília, Bernardinho fez mudanças no time no segundo set e foram fundamental para mudar a postura da equipe. Além da entrada de Marcela no lugar de Drussyla, ele colocou Valquíria em substituição a Milka e Juma substituiu Fabíola.

No segundo set, as cariocas voltaram melhor e fizeram logo 12 a 5 no placar. Mas, com um bom fundo de quadra e virando bem os side outs e os contra-ataques, a equipe do Distrito Federal virou para 20 a 19. Um erro de arbitragem tirou a equipe brasiliense do sério. O que seria 21 a 19 virou 20 a 20. O Sesc RJ Flamengo aproveitou o momento de instabilidade das rivais para fechar o set em 25 a 21.

As entradas de Juma, Marcelle e Valquíria foram decisivas para o time carioca. Marcelle falou sobre a vitória e sobre seu primeiro jogo com a camisa do Sesc RJ Flamengo. Ela foi contratada depois de jogar o Campeonato Carioca pelo Tijuca.

– Entrei um pouco nervosa, mas gostei muito de estar com as meninas. Mas foi ótimo, graças a Deus – disse a jovem.

Na próxima rodada, o Brasília enfrenta o Dentil/Praia Clube sexta-feira, às 19h, em Uberlândia (MG) e no sábado, o Sesc RJ Flamengo recebe o São Caetano, às 21h30, na Gávea. Os dois jogos terão transmissão pelo SporTV 2.

SUPERLIGA BANCO DO BRASIL FEMININA 19/20

Primeira rodada do turno

09.11 (SEGUNDA-FEIRA) – Curitiba Vôlei (PR) 1 x 3 Osasco São Cristóvão Saúde (SP) (19-25, 25-17, 22-25, 13-25), às 19h, no ginásio do Colégio Positivo Jr, em Curitiba (PR) – CANAL VÔLEI BRASIL

09.11 (SEGUNDA-FEIRA) – E.C. Pinheiros (SP) 0 x 3 Sesi Vôlei Bauru (SP) (18-25, 17-25, 28-30), às 21h30, no ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo (SP) – SPORTV 2

10.11 (TERÇA-FEIRA) – São Caetano (SP) 0 x 3 Itambé/Minas (MG) (20-25, 15-25, 13-25), às 19h, no Lauro Gomes, em São Caetano (SP) – SPORTV 2

10.11 (TERÇA-FEIRA) – São José dos Pinhais/AIEL (PR) 0 x 3 Dentil/Praia Clube (MG) (13-25, 16-25, 16-25), às 20h, no ginásio Ney Braga, em São José dos Pinhais (PR) – CANAL VÔLEI BRASIL

10.11 (TERÇA-FEIRA) – Sesc RJ Flamengo (RJ) 3 x 1 Brasília Vôlei (DF) (14-25, 25-21, 25-19, 25-10), às 21h30, no ginásio Helio Maurício, no Rio de Janeiro (RJ) – SPORTV 2

Veja também

Taubaté vence mais uma e segue líder invicto

O EMS Taubaté Funvic segue imbatível na Superliga Masculina Banco do Brasil 2020/21. Na no…