Zé Roberto
Home Superliga Zé Roberto vê jogo contra o Praia como chance aprendizado
Superliga - 30 de novembro de 2020

Zé Roberto vê jogo contra o Praia como chance aprendizado

A tabela da Superliga Feminina 2020/21 não está dando moleza para o São Paulo Barueri. Nos últimos três jogos, o time do técnico Zé Roberto enfrentou três candidatos a finalistas da competição: Osasco/São Cristóvão, Sesi Vôlei Bauru e Itambé/Minas, sofrendo três derrotas seguidas. Nesta terça-feira, a partir das 19h, o adversário será o Dentil/Praia Clube, forte candidato ao título.

Na análise do técnico Zé Roberto Guimarães, lidar com adversários desse quilate faz parte do aprendizado da jovem equipe do Tricolor, que tem média de idade de 21 anos.

– O Praia é um candidato ao título que tem jogadoras muito qualificadas. É uma equipe com um plantel excepcional, um dos melhores do Brasil e do mundo. Têm não só dentro da quadra, mas no banco, jogadoras que podem mudar o destino de uma partida a qualquer momento. É muito difícil ganhar de um time como o Praia.

Apesar das dificuldades, Zé Roberto acredita que o São Paulo tem condições de fazer um bom jogo, como ficou provado na derrota para Bauru, vice-campeão paulista, apenas no tie-break.

– O importante é fazermos uma boa partida contra elas, tentar o melhor resultado possível. Nosso time tem muito a aprender ao jogar contra um elenco como o do Praia. Teremos que errar o menos possível, jogar numa velocidade adequada, melhorar nossa relação bloqueio-defesa, jogar com agressividade e ter domínio das ações no contra-ataque. Mas é claro que sabemos do potencial do time do Praia, que nos dá poucos pontos em erros e tem uma qualidade técnica muito grande. Vamos para o jogo, porém. É uma oportunidade muito boa ter uma partida contra algumas das melhores jogadoras que estão no nosso País.

O Praia Clube lidera a classificação da Superliga, ao lado de Osasco. Ambas as equipes estão invictas após seis partidas. Veja a classificação.

O jogo do São Paulo na sexta-rodada, contra o Sesc RJ/Flamengo, foi remanejado para o dia 8 de dezembro, no Centro de Desenvolvimento do Voleibol, em Saquarema (RJ). O adiamento é decorrente da infecção de sete atletas da equipe carioca pelo vírus da covid-19. O protocolo da Superliga estabelece que uma partida possa ser adiada caso quatro atletas de um time ou duas de suas levantadoras contraiam o vírus.

Ao lado de Praia Clube e Osasco, o Flamengo é uma das três equipes invictas da Superliga, mas participou de apenas três partidas. Os confrontos contra Curitiba e Fluminense também haviam sido adiados devido à Covid 19. Confira aqui os jogos da semana e as transmissões.

Veja também

Brasília supera o Sanca e se firma no G8

O Brasília derrotou o São Caetano por 3 sets a 1 – parciais de 25-11, 25-18 22-25, 2…