Sesi Bauru
Home Superliga Ainda sem Rubinho, Sesi Bauru quer reabilitação em Brasília
Superliga - 17 de dezembro de 2020

Ainda sem Rubinho, Sesi Bauru quer reabilitação em Brasília

Time paulista fará o segundo jogo após surto de covid no elenco

Após derrota para o líder Itambé/Minas, na última terça-feira, em seu retorno às disputas da Superliga feminina 2020-2021 depois de superar o surto de coronavírus, o Sesi Bauru tenta a reabilitação diante do Brasília, nesta sexta-feira, às 16h, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF). O duelo válido pela décima rodada do turno terá transmissão ao vivo pelo pay-per-view do Canal Vôlei Brasil.

A partida tem grande importância para o Sesi Bauru, pois o resultado pode fazer a equipe manter-se no grupo dos quatro melhores colocados da competição. O time ocupa, atualmente, a quarta posição na tabela de classificação com 14 pontos após cinco vitórias e duas derrotas, mesma pontuação e campanha idêntica a do Sesc RJ Flamengo, o quinto pelos critérios de desempate que também joga fora de casa na rodada diante do São José dos Pinhais/AIEL.

O rival desta sexta-feira vem embalado após sequência de duas vitórias consecutivas na Superliga Banco do Brasil 2020-2021, a mais importante delas diante do Osasco/São Cristóvão Saúde e a mais recente contra o São Caetano.

Ainda sem contar com o técnico Rubinho, que se recupera da covid-19 e aguarda liberação médica para retornar às atividades com a equipe, o assistente técnico Plauto Machado segue no comando. Ele já dirigiu o time diante do Itambé/Minas e considera crucial para um bom desempenho a mesma postura apresentada no confronto contra o atual líder da competição.

– Gostei muito da entrega, do compromisso e do empenho que o time apresentou no jogo contra o Itambé/Minas. Vínhamos de um longo período sem jogarmos devido ao surto de coronavírus e, apesar de sairmos derrotados e termos altos e baixos ao longo da partida, conseguimos mostrar ótimos momentos e jogarmos de igual para igual contra uma equipe de altíssimo nível e que hoje lidera a competição. Por isso, creio que temos de manter essa mesma pegada e a concentração elevada para enfrentarmos Brasília, que vem de vitórias importantes nas últimas rodadas. Não tem jogo fácil para ninguém na Superliga – conclui Plauto.

Veja também

Sada Cruzeiro supera o Fiat Minas e segue líder

O Sada Cruzeiro derrotou o Fiat Minas por 3 sets a 0 – parciais de 26-24, 25-18, 25-…