Duplas
Home Praia Duplas recém-formadas querem fechar 2020 em alta
Praia - 9 de dezembro de 2020

Duplas recém-formadas querem fechar 2020 em alta

Quinta etapa do Circuito Brasileiro masculino acontece neste fim de semana

O Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia 20/21 chega à quinta etapa masculina nesta semana. O torneio, que é o último de 2020, tem início nesta quinta-feira com a disputa do qualifying, com 24 duplas em jogos eliminatórios. Mais uma vez o Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ) abrigará a competição que recebe as melhores duplas do país. Entre elas uma dupla de jovens talentos e outra parceria recém-formada prometem dar trabalho aos mais experientes. Adrielson/Renato (PR/PB) e Vitor Felipe/Vinícius (PB/ES), respectivamente em quinto e sexto lugares no ranking de entradas, querem encerrar o ano com medalhas.

Acostumados a ganhar jogando juntos na base – foram campeões mundiais sub-21 em 2017 na China – Adrielson e Renato formaram parceira para jogar profissionalmente a partir desta temporada e, logo na estreia em setembro, conquistaram o bronze na etapa que marcou a retomada do vôlei de praia do Brasil. Após o primeiro torneio eles chegaram em quinto, em nono e em quarto lugares nas competições seguintes, mas almejam ir além no evento que fecha 2020. O paranaense Adrielson se diz animado para mais uma competição, e quer usar o bom entrosamento com o amigo Renato como trunfo para a continuidade da temporada.

– Estou empolgado para essa última etapa, muito motivado para fechar o ano com um ótimo resultado. Acredito que minha parceria com o Renato está crescendo e, com o devido tempo, vamos alcançar os nossos objetivos, apesar de treinarmos distantes, ele em João Pessoa e eu em Maringá. Nós estamos usando muito a nossa amizade dentro e fora de quadra como maneira de estarmos sempre em boa sintonia. Nossa intenção para 2021 é treinarmos juntos, para podermos almejar resultados ainda maiores – disse Adrielson.

Outra dupla que quer fechar 2020 com pódio é a formada por Vitor Felipe e Vinícius. Os dois iniciaram a temporada com parceiros diferentes, e estão juntos desde a terceira etapa. Apesar de apenas oito partidas disputadas, eles têm saldo positivo (seis vitórias). O paraibano Vítor Felipe enxerga a evolução do time a cada jogo, e garante que ainda há muito espaço para crescimento. O atleta acredita em um resultado ainda melhor nesta quinta etapa do Circuito 20/21, e terceira da parceria.

– Nós conseguimos treinar juntos algumas vezes nos últimos dias e estamos nos entendendo bem melhor em quadra, o que deixa uma expectativa maior para a competição. No total não temos ainda 10 jogos juntos, então ainda não podemos nos cobrar muito, mas conseguimos evoluir. Nas primeiras etapas vimos que poderíamos ter conseguido um pódio, que era possível. Então nossa ambição é nesta etapa conseguirmos ir mais adiante – contou Vitor Felipe.

Além de Adrielson/Renato e Vitor Felipe/Vinícius a lista das 16 parcerias garantidas na fase principal pelo ranking conta também com André/George (ES/PB), Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF), Alison/Álvaro Filho (ES/PB), Guto/Arthur Mariano (RJ/MS), Allison Fancioni/Fábio Bastos (SC/CE), Hevaldo/Adelmo (CE/BA), Marcus/Felipe Cavazin (RJ/PR), Oscar/Thiago Barbosa (RJ/SC), Jô/Bruno de Paula (PB/AM), Saymon/Matheuszinho (MS/SE), Arthur Lanci/Moisés (PR/BA), Bernardo Lima/Eduardo Davi (CE/PR), Fernandão/Harley (ES/DF) e Léo Vieira/Luciano (DF/ES).

 

Veja também

Brasília supera o Sanca e se firma no G8

O Brasília derrotou o São Caetano por 3 sets a 1 – parciais de 25-11, 25-18 22-25, 2…