Ibirapuera
Home Superliga Governo de SP se pronuncia sobre o Ibirapuera
Superliga - 2 de dezembro de 2020

Governo de SP se pronuncia sobre o Ibirapuera

Depois de uma enxurrada de críticas e ameaça de acontecer um abraço presencial no Complexo do Ibirapuera ainda esta semana – em tempos de pandemia -, o Governo de São Paulo se pronunciou, via redes sociais. Na semana passada, o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat) negou o tombamento do local, permitindo assim a privatização e a provável demolição de um dos ginásios mais tradicionais do Brasil, que já abrigou vários jogos importantes de vôlei na sua história.

Segundo o governo, o complexo não será substituído por um shopping, como vinculava nas redes sociais:

“Importante: o Complexo do Ibirapuera NÃO será substituído por um shopping. A concessão, que tem como prioridade atividades esportivas e culturais, exige uma arena multiuso para 20 mil pessoas no local. O objetivo é modernizar os equipamentos e atividades esportivas do espaço e, assim, gerar renda e empregos na capital paulista. Outra boa notícia: o espaço esportivo, antes restrito somente a algumas poucas pessoas, será aberto para a prática de esportes e lazer de toda a população” disse a nota do governo paulista.

O complexo esportivo, que engloba ainda a pista de atletismo, o parque aquático e mais um ginásio, deverá ser concedido à iniciativa privada. O edital de privatização prevê a demolição dos ginásios para a construção de um shopping center. No lugar do estádio de atletismo, há a previsão de construção de uma arena multiuso para 20 mil pessoas. Uma torre comercial e um hotel também fazem parte do edital, no local da atual piscina.

Veja também

Saiba onde ver os jogos da Superliga na semana

Sem a confirmação da transmissão dos quatro jogos das quartas de final da Copa Brasil femi…