Mayany
Home Destaques Mayany segue liderando as estatísticas de bloqueio
Destaques - Superliga - 24 de dezembro de 2020

Mayany segue liderando as estatísticas de bloqueio

Com os 9 pontos de bloqueio marcados na vitória do Osasco São Cristóvão Saúde sobre o Pinheiros por 3 sets a 1, quarta-feira, no encerramento do turno da Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/21, a central Mayany se isolou na liderança das estatísticas do fundamento da CBV.

A jogadora tem agora  54 pontos no bloqueio, oito a mais que a bicampeã olímpica Thaisa, do Itambé Minas. A central Diana, do São Paulo Barueri, aparece em terceiro, com 33 pontos, seguida pela sua companheira de equipe Lorena, com 30 e por Lia Mariano, do São Caetano (29). Osasco marcou 21 pontos no fundamento na noite de ontem.

Mayany é também a central mais eficiente no bloqueio. Ela marcou os 54 pontos em 40 sets disputdos, uma média de 1,35 bloqueio por parcial. Thaisa vem em seguida com os 46 bloqueios marcados em 36 sets (1,28). Valquíria, do Sesc RJ Flamengo é a terceira em aproveitamento, com 1,05 (21 bloqueios em 20 sets disputados).

– Temos mostrado muita força no bloqueio e na defesa, além de eficiência no saque. Temos ganho muitas partidas com base nesses fundamentos, sempre aproveitando os contra-ataques. Nosso grupo segue unido e se esforçando cada vez mais para evoluir técnica e taticamente – disse Mayany.

O time do técnico Luizomar fechou o primeiro turno da Superliga na vice-liderança com 30 pontos – mesma pontuação do Itambé Minas. Veja aqui a classificação. Tainara e Gabi Cândido foram as maiores pontuadoras do jogo, com 16 pontos cada uma.

Após o encerramento do primeiro turno, Osasco São Cristóvão Saúde só volta à quadra em 2021. O time abre o returno da Superliga 20/21 dia 8 de Janeiro, no ginásio José Liberatti, contra o Curitiba às 20h, com transmissão pelo Canal Vôlei Brasil .

Veja também

Minas supera o Pinheiros e está na semifinal

O Itambé Minas está na semifinal da Copa Brasil Feminina 2021. O time mineiro derrotou o P…