Vôlei de praia
Home Destaques Novas duplas no vôlei de praia brasileiro para 2021
Destaques - Praia - 29 de dezembro de 2020

Novas duplas no vôlei de praia brasileiro para 2021

"Dança das cadeiras" no feminino está em andamento

Fim de temporada é sinônimo de mudanças no vôlei de praia. E o fim de 2020 não está sendo diferente no Brasil. No feminino, a “separação” de Carol Solberg e Talita, anunciada na semana passada, já determinou a formação de duas novas duplas. Como revelado pelo Blog Olhar Olímpico, Carol Solberg passará a atuar com Bárbara Seixas, enquanto Talita retomará a parceria com Maria Elisa.

Carol e Talita formavam a terceira melhor dupla no atual ranking brasileiro, após as etapas realizadas na bolha de Saquarema neste ano. Segundo a filha de Isabel, a questão técnica de ambas atuarem na mesma posição (bloqueadora) antes da parceria pesou na decisão. Juntas, passaram a revezar entre a rede e a parte defensiva.

Com Bárbara Seixas, Carol Solberg poderá atuar em sua posição de origem. Em 2020, a vice-campeã olímpica em 2016, ao lado de Ágatha, atuou com Carol Horta, sem resultados expressivos.

Ao anunciar a “abertura da parceria” com Talita, Carol postou a seguinte mensagem no Instagram:

“Esse foi um ano muito desafiador ao lado da Talita. Dividimos várias vitórias, derrotas, treinos, suor, dedicação, risadas e vivemos a loucura de nos mantermos fisicamente preparadas durante uma pandemia que está longe do fim. Num ano com tão poucos torneios, fizemos 6 pódios juntas e fomos evoluindo a cada jogo. Quero agradecer por tudo que construímos como time e por sua amizade. Agora estamos partindo para outras jornadas. Desejo muita sorte e que mesmo não jogando mais juntas, sigamos nos apoiando como mulheres, atletas e principalmente mães, pois sabemos bem como é ser jogadora de vôlei de praia e carregar um bebê pra cima e pra baixo.
Partimos agora para novos tempos! Com muito carinho, Carol”, escreveu no Instagram.

Já Talita retomará a dupla com Maria Elisa após atuarem juntas no ciclo olímpico de 2009 e 2012, tendo disputado, inclusive, a Olimpíada de Londres, terminando na nona colocação. No período, elas ganharam etapas do Circuito Mundial e ficaram em terceiro em um Campeonato Mundial. Na temporada passada, Maria Elisa se afastou das quadras para ser mãe.

As novas duplas pretendem disputar as vagas para os Jogos de Paris, em 2024. Por enquanto, a Federação Internacional (FIVB) ainda não oficializou o calendário do vôlei de praia para os próximos meses. No Brasil, 2021 começará com mais uma etapa no Centro de Treinamento da CBV, em Saquarema, em janeiro.

Veja também

Acidente aéreo: atleta da base do Sesi Bauru perde irmão

Um acidente aéreo, na manhã deste domingo, em Tocantins, matou quatro jogadores, o preside…