Flamengo
Home Superliga Sesc RJ Flamengo vence e segue atrás do 3º lugar
Superliga - 29 de dezembro de 2020

Sesc RJ Flamengo vence e segue atrás do 3º lugar

O Sesc RJ Flamengo encerrou 2020 com vitória na Superliga feminina. Na noite desta terça-feira, triunfo sobre o São José dos Pinhais/AIEL por 3 sets a 0, parciais de 25-20, 26-24 e 25-9, em jogo atrasado da décima rodada.

Com o resultado, o time de Bernardinho segue sonhando com a terceira colocação. Agora com 20 pontos e dois jogos ainda pendentes, o Rubro-Negro igualou o Sesi Bauru e ainda pode ultrapassar o Dentil/Praia Clube, com 25, que já encerrou a participação. Pinhais segue com seis pontos, na décima posição, e tem ainda um jogo pendente contra o Fluminense.

Vale lembrar que a classificação ao final do turno servirá para definição dos confrontos nas quartas de final da Copa Brasil. Quem terminar em terceiro tem grandes chances de enfrentar provavelmente o São Paulo/Barueri na competição. Quarto e quinto farão, em tese, o duelo mais equilibrado.

No dia 4 de janeiro, o Sesc RJ Flamengo enfrentará o Sesi Bauru, às 19h, em jogo atrasado da oitava rodada. O último duelo do turno será contra o Fluminense, no dia 8.

A levantadora Fabíola foi eleita a melhor do jogo e ganhou o Troféu VivaVôlei. A maior pontuadora foi Carla, do time paranaense, com 17 acertos, cinco deles em aces. Pelas visitantes, três jogadoras terminaram com dez pontos: Ana Cristina, Valquíria e Juciely.

A experiência e a qualidade técnica do Sesc RJ Flamengo pesaram nos momentos decisivos dos dois primeiros sets. Na parcial inicial, com boas passagens de Carla pelo saque, Pinhais equilibrou o placar até o 20 a 20. Depois as donas da casa passaram a errar em todos os fundamentos, saindo atrás no placar. O segundo foi ainda mais equilibradas, com disputa ponto a ponto no momento decisivo, quando mais uma vez o time comandado por Duda errou quando não podia.

A derrota na segunda parcial desestabilizou completamente São José dos Pinhais. O Sesc RJ abriu logo 9 a 1, depois 16 a 4 e foi soberano do início ao fim para fechar o duelo em 3 sets a 0.

– Essa Superliga tem sido desafiadora em todos os sentidos. É um ano atípico, com jogo no dia 29 de dezembro. Tivemos três dias de folga, voltamos, já viajamos. Mas entendemos que é um ano diferente, mas muda muito o cenário do que todas nós estão acostumadas a fazer – disse Fabíola, que festejou o VivaVôlei. – Fico muito feliz, mas o troféu é de toda a equipe. Vou fazer 38 anos em fevereiro e estou sempre disposta a aprender.

Veja também

Brasília derrota Pinhais e entra no G8

O Brasília derrotou o São José dos Pinhais por 3 sets a 2, de virada – parciais de 2…