Brait
Home Superliga Brait: “Hoje não deu nada certo. Erramos demais”
Superliga - 16 de janeiro de 2021

Brait: “Hoje não deu nada certo. Erramos demais”

A líbero Camila Brait lamentou a derrota do Osasco São Caetano Saúde para o São Paulo Barueri, na noite de sexta-feira, no José Liberatti, por 3 a 1, de virada, pela terceira rodada do returno da Superliga Feminina, resultado que impediu o time do técnico Luizomar de Moura de reassumir a liderança isolada da competição.

– Hoje não deu nada certo. Mérito também do time do São Paulo, que jogou bem e soube aproveitar as oportunidades em quadra. Erramos demais e precisamos aprender as lições dessa derrota. Mas não podemos nos abater. Seguimos em segundo lugar e nosso foco são os playoffs. Para isso, vamos treinar ainda mais para fazer melhor já na próxima rodada – disse Brait.

Pela Superliga, Osasco enfrenta o Sesi Bauru, dia 26, às 21h30, no Panela de Pressão. Antes, no entanto, o time enfrenta o Curitiba, na próxima terça-feira (19.01), no José Liberatti, pelas quartas de final da Copa Brasil. Confira aqui a tabela da competição.

Se tivesse ganho, Osasco assumiria a liderança da Superliga. A equipe manteve-se em segundo lugar, com 36 pontos, empatado em número de pontos com o líder Itambé Minas, que tem um jogo a menos. Na terceira posição aparece o Dentil Praia Clube (31) e depois: Sesc RJ Flamengo (30), Sesi Bauru (28), São Paulo Barueri (23), Curitiba (17) e Brasília (10). Esses são os times que compõem hoje o G8. Confira aqui a classificação. Neste sábado, o Sesi Bauru enfrenta o Fluminense, às 19h, no Panela de Pressão, com a expectativa da estreia da ponteira búlgara Dobriana Rabadzhieva. O SporTV transmite.

Osasco São Cristóvão Saúde: Roberta (3), Tandara (17), Gabi Cândido (15), Tainara (6), Mayany (5), Bia (9) e a líbero Camila Brait. Técnico: Luizomar. Entraram: Kika, Ana Medina, Naiane (2), Paracatu (1).

São Paulo Barueri: Jacke (1), Diana (13), Maira (4), Lorrayna (3), Lorena (), Karina (17) e a líbero Nyeme. Técnico: José Roberto Guimarães. Entraram: Lorena (15), Kenya (1), Jheovanna, Glayce (10), Kisy (7), Dani Terra.

Veja também

Sada Cruzeiro não dá chances ao Ribeirão

Líder isolado da Superliga masculina, o Sada Cruzeiro chegou à 15ª vitória pelo placar de …