Camila Brait
Home Destaques Contra Barueri, Brait teve 100% de positividade no passe
Destaques - Superliga - 16 de janeiro de 2021

Contra Barueri, Brait teve 100% de positividade no passe

A líbero Camila Brait foi a melhor jogadora na derrota do Osasco São Cristóvão Saúde para o São Paulo Barueri por 3 sets a 1, de virada, na noite de sexta-feira, no José Liberatti, pela terceira rodada do returno da Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/21.

Não era nem preciso olhar as estatísticas para chegar a essa conclusão. A atuação da líbero foi consistente, mais uma vez. Passou na mão e foi muito bem na defesa. Os números do jogo, no entanto, comprovam o que se viu em quadra. Camila Brait teve 100% de positividade do passe, ou seja, teve uma recepção perfeita contra Barueri.

Brait recebeu 24 bolas (38% do total). A ponteira Gabi Cândido foi a mais acionada no fundamento: foi caçada no saque 28 vezes e obteve 79% de positividade. Tainara recebeu outras 24 bolas, com 58% de eficiência.

Pelo Barueri, a líbero Nyeme também se destacou e teve 88% de positividade na recepção (recebeu 16 bolas). A ponteira Maira teve 69% de eficiência (13 bolas), Glayce recebeu 24 vezes (58%) e Karina, 63% (foram 16 bolas recebidas no total).

Na estatística geral de recepção da Superliga, as duas líberos estão na frente das demais passadoras. Brait tem 81% de positividade (178/219), contra 79% de Nyeme (198/251).

Osasco se manteve na vice-liderança com 36 pontos, empatado com o líder Itambé Minas – que enfrentaria o Curitiba nesta sexta, mas o jogo foi adiado por conta dos casos de coronavírus no time paranaense. Na terceira posição aparece o Dentil Praia Clube (31) e depois: Sesc RJ Flamengo (30), Sesi Bauru (28), São Paulo Barueri (23), Curitiba (17) e Brasília (10). Esses são os times que compõem hoje o G8. Confira aqui a classificação. Neste sábado, o Sesi Bauru enfrenta o Fluminense, às 19h, no Panela de Pressão, com a expectativa da estreia da ponteira búlgara Dobriana Rabadzhieva. O SporTV transmite.

Veja também

Sada Cruzeiro não dá chances ao Ribeirão

Líder isolado da Superliga masculina, o Sada Cruzeiro chegou à 15ª vitória pelo placar de …